Hakkinen pede agressividade a Rosberg: “não pode desistir”

Bicampeão da Fórmula 1 diz que FIA tem de mudar regras tendo em vista os fãs: “nossas vidas já são suficientemente complicadas”

Atrás do companheiro Lewis Hamilton nos dois últimos anos, Nico Rosberg chegará em alta nesta temporada da Fórmula 1. O alemão conquistou seis poles seguidas e três vitórias consecutivas nas últimas seis provas de 2015.

Por isso, o bicampeão da Fórmula 1 em 1998 e 1999, Mika Hakkinen, quer mais garra de Rosberg durante a temporada inteira. Para o finlandês, Nico não pode se contentar com o segundo posto.

"Apenas um piloto pode ganhar o campeonato, e este foi Lewis nos dois últimos anos. Mas isso não significa que a batalha acabou", explicou Hakkinen para o jornal alemão Bild.

"A coisa mais importante para alguém na posição de Nico é não desistir e não se resignar com o segundo lugar. Você tem de continuar a lutar, mesmo com apenas um podendo vencer."

O domínio recente da Mercedes levou a Fórmula 1 a receber críticas. Hakkinen avalia que as mudanças no regulamento precisam ser feitas com o intuito de evitar que os fãs percam o interesse pelo esporte.

"A Fórmula 1 é tecnicamente muito complicada", comentou.

"As pessoas gostam de coisas simples. Nossas vidas já são suficientemente complicadas.”

"A Fórmula 1 precisa também fazer melhor uso das mídias sociais para se conectar aos fãs de corrida. Os fãs não querem apenas ver o que acontece, eles querem estar lá dentro."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mika Hakkinen , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias