Hamilton: "2018 não será o meu último na Mercedes"

Britânico assegurou que o contrato atual com a Mercedes não será o último e reconhece que não se vê em outra equipe, pelo menos na Fórmula 1

Nunca se sabe o que esperar do futuro de Lewis Hamilton. O britânico diz que ele já cumpriu seus sonhos (e há outras coisas que ele quer aproveitar na vida) e em seguida se declara apaixonado pela Fórmula 1 e Mercedes.

Que ele tem um dilema sobre se continuar ou não na Fórmula 1 além de 2018 (quando seu contrato com a Mercedes termina) é algo que o próprio Lewis reconheceu, mas suas últimas declarações são muito ressonantes.

Em um programa da emissora de televisão italiana Rai 1, ele assegurou que ele não tem apenas mais um ano na categoria e que seu destino passa por sua equipe atual. "O próximo ano não será o meu último na Mercedes. Agora mesmo me resta um ano mais", lembrou o tetracampeão.

"Estou com a Mercedes desde que tinha 13 anos e é difícil para mim me ver em outro lugar, então vou assinar outro contrato com a Mercedes, com certeza". Quando se insistiu em suas palavras positivas sobre a Ferrari e o fato de ele ter um avião vermelho (era um programa de televisão da Itália), ele respondeu com bom humor: "Eu tenho um avião vermelho, mas porque é minha cor favorita...".

Sobre sua temporada, Hamilton disse que foi uma sensação indescritível colocar seu nome entre os grandes tetracampeões da história. Ele agradeceu ao trabalho da Mercedes e definiu seu ano como algo impressionante.

"É incrível vencer quatro campeonatos mundiais, foi uma temporada fantástica, fizemos um ótimo trabalho em equipe. Estou na Fórmula 1 há dez anos e já corro para a Mercedes por 20. É incrível", concluiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias