Hamilton acredita que McLaren precisa melhorar o ritmo de corrida

Depois de chegar em terceiro após fechar a primeira fila do grid ao lado de Button nas provas iniciais, inglês vê perda aos domingos

Hamilton lidera Button na Malásia

Após duas poles que se converteram em terceiros lugares, Lewis Hamilton admite que a McLaren precisa melhorar em ritmo de corrida. Mesmo sem poder ter uma ideia clara da relação de forças entre as equipes após as duas primeiras corridas, o inglês reconhece que a supremacia mostrada em classificação – ele e o companheiro Jenson Button fecharam a primeira fila, tanto na Austrália, quanto na Malásia – diminui consideravelmente aos domingos.

“Quando tivermos umas duas corridas no seco teremos mais certeza de onde todos estão em relação ao ritmo, mas acho que estamos definitivamente entre os melhores. No entanto, tenho certeza de que podemos melhorar em nosso ritmo de corrida.”

Não que Hamilton considere o resultado da Malásia tão representativo, devido às mudanças climáticas que ocorreram durante a corrida. “Acho que a Sauber e Fernando [Alonso] fizeram um grande trabalho. Mas é difícil aprender muito de uma corrida como essa, porque as condições climáticas mudavam constantemente.”

O importante, para Hamilton, é que mesmo depois de duas corridas que não saíram exatamente como planejava, ele ainda é segundo colocado no Mundial, à frente daqueles que espera serem seus principais rivais na luta pelo bicampeonato.

“Só tenho cinco pontos de vantagem para Jenson [Button], então ele ainda está perto e obviamente temos Sebastian [Vettel] por perto também. Quero ser consistente, estar sempre nos pontos. Claro que queria ganhar corridas e já perdi duas chances, mas tenho certeza de que as vitórias virão logo.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias