Hamilton arrasa a concorrência e domina os treinos livres

Inglês colocou mais de oito décimos na McLaren de Magnussen; Williams andou bem e Massa fechou dia em sétimo

Vencedor das três últimas etapas e líder do campeonato, Lewis Hamilton mostrou seu cartão de visitas nos primeiros treinos livres para a estreia do GP da Rússia, em Sochi. O inglês foi mais de oito décimos mais rápido que Kevin Magnussen, da McLaren, e viu o companheiro de Mercedes e rival pelo título, Nico Rosberg, ficar apenas em quarto. Felipe Massa foi o sétimo colocado com a Williams.

Na primeira meia hora, usando os pneus duros, Nico Rosberg ficou na frente de Lewis Hamilton na briga interna da Mercedes, mas chamou a atenção a diferença relativamente pequena para Jenson Button, 250 milésimos mais lento que o alemão.

[publicidade] Button foi seguido de Vettel e Alonso, enquanto as Williams, que geralmente não focam grandes tempos na sexta-feira, se colocavam dentro do top 10, com Massa um décimo mais rápido que Bottas, em um meio do pelotão que se mostrava apertado. Ainda tateando o melhor acerto na nova pista, muitos carros mostraram estar com a traseira solta demais para o circuito.

Logo depois, começaram as simulações com pneus macios e Hulkenberg chegou a ficar com o segundo tempo, aproveitando melhor a sua segunda volta rápida no pneu. A exemplo do alemão, Button e Rosberg também melhoraram mais na segunda tentativa e conseguiram melhorar um segundo em relação ao pneu médio.

Mas nenhum melhorou tanto quanto Hamilton, que foi 1s9 mais rápido com os pneus médios e colocou mais de sete décimos em Rosberg- e melhorou ainda pouco menos de dois décimos na segunda tentativa. Companheiro de Button, Kevin Magnussen ainda conseguiu se colocar em segundo. Felipe Massa conseguiu se colocar em quinto lugar, agora quase seis décimos à frente de Bottas.

O finlandês, contudo, conseguiu se recuperar, fechando treino em quinto. Quem também começou mais atrás, mas 'achou' uma volta rápida foi Alonso, que se colocou à frente de Rosberg. Button caiu para sexto e Massa ficou em sétimo, superando a dupla da Toro Rosso, Vettel e Kimi Raikkonen, que passou grande parte da primeira parte do treino na garagem.

A Red Bull acabou sendo a decepção do treino, com Vettel em nono e Ricciardo fora do top 10. Para piorar a vida dos tetracampeões, o australiano parou seu carro no meio da pista com pouco mais de sete minutos no final da sessão, causando uma bandeira vermelha e indicando que pode sofrer alguma punição, pois já usou os cinco elementos regulamentares de cinco dos seis elementos que compõem a unidade de potência.

A equipe ainda tem mais uma sessão de treinos livres para se recuperar, a partir das 5h da manhã do sábado, no terceiro treino. Três horas depois, os carros partem para a classificação, às 8h.

Confira a classificação da segunda sessão de treinos livres

1. Lewis Hamilton Grã-Bretanha Mercedes-Mercedes 1m 39.630s 27 voltas 
2. Kevin Magnussen Dinamarca McLaren-Mercedes 1m 40.494s 32 voltas 
3. Fernando Alonso Espanha Ferrari-Ferrari 1m 40.504s 32 voltas 
4. Nico Rosberg Alemanha Mercedes-Mercedes 1m 40.542s 30 voltas 
5. Valtteri Bottas Finlândia Williams-Mercedes 1m 40.573s 33 voltas 
6. Jenson Button Grã-Bretanha McLaren-Mercedes 1m 40.718s 32 voltas 
7. Felipe Massa Brasil Williams-Mercedes 1m 40.731s 30 voltas 
8. Daniil Kvyat Rússia Toro Rosso-Renault 1m 41.108s 32 voltas 
9. Sebastian Vettel Alemanha Red Bull-Renault 1m 41.396s 30 voltas 
10. Jean-Eric Vergne França Toro Rosso-Renault 1m 41.531s 33 voltas 
11. Kimi Raikkonen Finlândia Ferrari-Ferrari 1m 41.630s 24 voltas 
12. Nico Hulkenberg Alemanha Force India-Mercedes 1m 41.677s 27 voltas 
13. Daniel Ricciardo Austrália Red Bull-Renault 1m 42.061s 25 voltas 
14. Sergio Perez México Force India-Mercedes 1m 42.090s 29 voltas 
15. Adrian Sutil Alemanha Sauber-Ferrari 1m 42.233s 31 voltas 
16. Romain Grosjean França Lotus-Renault 1m 42.892s 30 voltas 
17. Pastor Maldonado Venezuela Lotus-Renault 1m 42.905s 33 voltas 
18. Esteban Gutierrez México Sauber-Ferrari 1m 43.055s 33 voltas 
19. Marcus Ericsson Suécia Caterham-Renault 1m 44.135s 22 voltas 
20. Max Chilton Grã-Bretanha Marussia-Ferrari 1m 44.530s 29 voltas 
21. Kamui Kobayashi Japão Caterham-Renault 1m 44.952s 27 voltas 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias