Hamilton bate recorde de Nigel Mansell no GP do Canadá

Piloto se torna o britânico que mais liderou na história, e Raikkonen é vice-líder no ranking de voltas mais rápidas.

- O GP do Canadá marcou a 44ª pole position de Hamilton (que usa o número 44) na Fórmula 1. Ele esta a uma de Sebastian Vettel, que tem 45 e não faz uma desde Brasil 2013. A vitória foi a 37ª do inglês e quarta em Montreal.

- Hamilton liderou pelo menos uma volta das últimas 16 provas da Fórmula 1 (desde o GP da Hungria do ano passado). O inglês pode igualar o escocês Jackie Stewart daqui duas semanas na Áustria como o piloto que mais liderou GPs em sequência, com 17. Jackie liderou todos os GPs entre EUA 1968 e Bélgica 1970.

- Lewis liderou 69 das 70 voltas do GP do Canadá. Porém, a mais importante foi a 16ª. Ele é agora o piloto britânico que mais liderou na história, com 2.143 giros na ponta. Ele passou Mansell, que tem 2.089. Hamilton e Mansell são, respectivamente, quinto e sexto na história.

- Levando os dois carros ao pódio pela sétima corrida seguida, a Mercedes repete um fato histórico: desde a Ferrari nos anos de 1952 e 1953 um time não conseguia o feito. Excluindo-se, claro, as Indy 500, que faziam parte do calendário mas não eram corridas pelos pilotos europeus.

- Raikkonen pode ter tido um péssimo GP, perdendo o pódio para o compatriota Valtteri Bottas graças a uma rodada. Mas o finlandês não saiu de Montreal com as mãos abanando. Ele fez pela 42ª vez na carreira a volta mais rápida da prova, passando ninguém menos que Alain Prost pelo segundo lugar histórico na estatística. O primeiro ainda é Schumacher com 77.

- Maldonado marcou seus primeiros pontos desde o GP dos EUA no ano passado. Com Grosjean em décimo, a Lotus marcou com os dois carros pela primeira vez desde o GP da Índia de 2013.

- Alonso abandonou pela terceira vez seguida em 2015. É a segunda vez que o espanhol é obrigado a abandonar três provas em sequência. A primeira vez que isso aconteceu foi em 2001, quando o piloto fazia sua estreia pela Minardi, entre os GPs da Áustria e do Canadá.

- O 13º tirou de Ricciardo a sequência de pontos nesta temporada. Agora, apenas Hamilton, Rosberg e Vettel pontuaram em todas as provas.

- Sete pilotos completaram todas os GPs até agora: Hamilton, Rosberg, Vettel, Massa, Ricciardo, Nasr e Pérez.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Fernando Alonso , Lewis Hamilton , Pastor Maldonado , Daniel Ricciardo
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Blog