Hamilton confia em ritmo da McLaren para avançar desde o 7º lugar

Inglês parabenizou o ex-companheiro dos tempos de kart Nico Rosberg pela primeira pole: "Sonhávamos com isso"

Hamilton larga em sétimo na China

Lewis Hamilton pode ter sido o segundo colocado no cronômetro, mas reconhece que terá vida difícil na corrida de amanhã, largando em sétimo devido a uma troca de câmbio. A receita do inglês para ao menos seguir como o único piloto a não sair do pódio até agora na temporada é “ser tranquilo ao mesmo tempo em que tento atacar”, como definiu ao TotalRace em Xangai.

“Definitivamente será muito difícil largando de lá. Tenho alguns campeões do mundo à minha frente. Será muito difícil, os carros à nossa frente são muito rápidos, mas temos um bom ritmo. Contando que avancemos, será ótimo. É uma pista em que se pode ultrapassar, temos o DRS, então estou animado para a corrida.”

O inglês aproveitou para cumprimentar o ex-companheiro de equipe dos tempos de kart Nico Rosberg, que conquistou a primeira pole da carreira.

“Queria parabenizar o Nico, foi fantástico. Nos conhecemos desde 1997 e somos bons amigos desde então. Quando éramos companheiros, sempre sonhávamos em ser companheiros de equipe na F-1 e é uma loucura pensar que tenhamos conseguido. Nos velhos tempos, costumava ficar atrás dele a corrida inteira e passar na última volta, mas não sei como vai ser agora. Estou mais atrás. E também é bom para a Mercedes. Nós usamos os motores deles e fechamos as três primeiras posições – ainda que eu tenha de largar mais atrás.”

Sobre a corrida, o piloto, que é o único que venceu na China em duas oportunidades, afirmou que, a exemplo do ano passado, a diferença entre duas e três paradas é pequena. “Será interessante ver qual a estratégia cada um vai adotar. Espero que eu tenha acertado meu carro para fazer os pneus durarem mais, porque a degradação será a chave.”

Perguntado se a má performance de Sebastian Vettel, 11º na classificação, surpreendia, Hamilton disse que sim, mas prefere esperar o ritmo de corrida.

“Eles estavam rápidos nos treinos, então não sei por que ele não conseguiu marcar bons tempos na classificação. Mas Webber estava muito rápido, então o carro estava bom. Mas vamos esperar o resultado amanhã.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias