Hamilton confia em simuladores para acertar sua McLaren

Inglês revela que equipe teve problemas com a asa traseira especialmente desenvolvida para Spa e Monza nos treinos

Lewis Hamilton confia nos simuladores da McLaren para ter uma mãozinha para acertar o carro na uma hora de treino livre a que terá direito amanhã antes da classificação. Isso porque, nas sessões desta sexta-feira, o inglês só pôde fazer alguns ajustes para melhorar o desempenho da asa traseira que a McLaren levou para Spa-Francorchamps.

“Estava muito molhado hoje, havia muitos rios na pista, então estava aquaplanando bastante. Não tinha motivo para andar hoje, além de descobrir se os updates que trouxemos está trabalhando, então só fizemos algumas voltas de instalação para observar isso. Também tentamos ver o quão difícil seria trabalhar com os pneus em caso de chuva.”

“Tivemos alguns problemas com a asa traseira que trouxemos especialmente para cá e para a Itália, assim como muitos outros – e por isso vimos muitos carros com aquela tinta para determinar o fluxo de ar – mas fizemos algumas modificações e agora está funcionando bem. Mas só vamos descobrir amanhã o quão bons são nossos upgrades.”

O inglês prevê uma terceira sessão de treinos livres movimentada a partir das 6h pelo horário de Brasília.

“Será um desafio, mas todos estão no mesmo barco. Teremos de encontrar o acerto correto com a pista verde e com pouco tempo de pista. Espero que nosso simulador nos ajude a estar mais preparados.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias