Hamilton critica fornecedora de pneus: "Foi fácil demais"

Inglês defende que a Pirelli vem sendo conservadora na escolha dos compostos que leva aos GPs

Mesmo vencendo a prova do último final de semana, na Itália, Lewis Hamilton acredita que a prova de Monza poderia ter sido um espetáculo melhor. Afinal, a opção da Pirelli de levar os pneus duros e médios para o circuito italiano facilitaram as decisões estratégicas das equipes e a vida dos pilotos.

[publicidade] “Honestamente, os pneus estiveram bons até demais no último final de semana”, opinou o piloto da Mercedes. “Foi geralmente muito fácil em termos de fazer uma parada. Só havia um risco: se você tivesse uma fritada – e é por isso que vimos tantos pilotos indo reto na primeira chicane para evitar danificar o pneu, porque caso contrário eles teriam de converter para duas paradas, o que seria muito mais lento.”

A escolha da Pirelli foi a mesma do ano passado. Porém, nesta temporada, todos os compostos ficaram mais duros. Por isso, Hamilton acredita que a empresa italiana poderia ter ousado mais na sua seleção.

“Acho que era uma pista tão legal – não sei se foi uma corrida legal de assistir – mas ela poderia ter mais batalhas, mais pit stops, isso seria bom. Se eles usassem um pneu mais macio que gerasse um desafio maior [seria bom] porque o pneu foi realmente fácil de cuidar.”
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias