Hamilton culpa carro por rodada e Mercedes fecha segunda fila

"Algo aconteceu na traseira", justifica o inglês, que acredita ter perdido um lugar na primeira fila com problema

Mesmo fechando a segunda fila no grid de largada para o GP de Abu Dhabi, a Mercedes acabou a classificação com um gosto um pouco amargo na boca. Afinal, ao longo da sessão de classificação, seus pilotos conseguiram superar a dupla da Red Bull, sendo batidos apenas na parte final.

Para piorar, Lewis Hamilton rodou no final da volta quando vinha com um tempo forte – não suficiente para roubar a pole de Mark Webber, mas talvez o bastante para desbancar Sebastian Vettel da primeira fila. O piloto acabou ficando em quarto.

“Pelo que via no meu volante, o tempo provavelmente seria suficiente para ficar na primeira fila, mas essas coisas acontecem”, afirmou o inglês, ouvido pelo TotalRace. “Algo deu errado na traseira quando pisei no acelerador e depois eu tentei sair, mas o carro não se mexia.”

Após análises, a Mercedes confirmou uma quebra em um dos braços da suspensão traseira do carro do inglês.

Para a corrida, Hamilton espera um bom ritmo. “Senti-me melhor em condições de corrida durante os treinos livres e tomara que essa sensação continue no domingo.”

Porém, o inglês não espera vida fácil para chegar ao pódio. “Ultrapassar no fundo do pelotão é fácil, mas ultrapassar na frente é quase impossível, especialmente quando se tem Red Bulls na sua frente. Tomara que tenhamos uma largada melhor porque é esse o momento de ganhar posições. Mas o mais importante é estarmos à frente da Ferrari e é nessa posição em que precisamos ficar.”

Hamilton foi superado pelo companheiro Nico Rosberg, que comemorou o terceiro lugar, pensando na vantagem de largar na frente dos rivais diretos e defender o vice-campeonato de construtores da Mercedes. O time tem quatro pontos de vantagem para a Ferrari – que só larga em sétimo e 10º - e 28 para a Lotus.

“A pista mudou muito ao longo do treino e era difícil adivinhar qual seria o acerto ideal, o que tornou as coisas muito difíceis. No final, chegamos perto, mas não foi o suficiente para desbancar as Red Bull. Conseguimos nosso objetivo para este final de semana de sermos os melhores do resto e estamos bem à frente da Ferrari e razoavelmente à frente da Lotus, o que é importante para o campeonato de construtores.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Lewis Hamilton , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias