Hamilton domina treino na Austrália e marca 1ª pole de 2018

Piloto britânico leva a melhor diante de Ferraris de Kimi e Vettel e começa sua 12ª temporada com 73ª pole position na carreira

Ano novo, novo domínio da Mercedes. O britânico Lewis Hamilton cravou neste sábado (24) a primeira pole position da temporada de 2018 da Fórmula 1. No Albert Park, na cidade de Melbourne (Austrália), ele mais uma vez foi soberano, e anotou o tempo de 1min21s164 durante a última fase do treino.

Foi a 73ª pole de Hamilton na carreira e a quinta seguida no GP da Austrália.

Sebastian Vettel bem que tentou. O alemão fez seu melhor, chegando a 0s034 do primeira marca feita por Hamilton no Q3, mas o britânico foi muito veloz em sua última tentativa, colocando 0s6 em cima das Ferraris. No final, Kimi Raikkonen superou Vettel, e sairá em segundo. Sebastian sairá em terceiro ao lado de Max Verstappen.

Companheiro de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas não teve sorte e acertou o muro da curva 2 após errar em sua primeira volta cronometrada no Q3. O finlandês, pole nas duas últimas corridas de 2017, ficou em décimo.

Piloto da casa, Daniel Ricciardo foi o quinto no Q3. No entanto, o piloto australiano perderá três posições no grid de largada após passar do limite de velocidade na pista durante uma bandeira vermelha no TL2 da última sexta-feira, e sairá em oitavo.

Em quinto, uma surpresa: Kevin Magnussen abrirá a terceira fila, saindo ao lado de seu companheiro Romain Grosjean. Porém, o francês passou por uma Renault durante o Q3 no pit lane, e pode ser punido.

Depois de trocar de motores para a temporada de 2018, a McLaren não conseguiu fazer melhor do que 11º e 12º lugares com Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, respectivamente.

Quem decepcionou foi a Force India. Quarta na última temporada, a equipe foi cortada no Q2 com Sergio Perez em 13º e Esteban Ocon em 15º.

Com motor Honda, a Toro Rosso não foi capaz de fazer melhor que um 16º lugar com o neozelandês Brendon Hartley, que inicia sua primeira temporada como piloto oficial da F1.

Se unindo com a Alfa Romeo a partir deste ano, a Sauber mostrou pequena evolução, fechando a penúltima fila do grid de largada. Marcus Ericsson e Charles Leclerc ficaram à frente do estreante Sergey Sirotkin e de Pierre Gasly. O francês errou em sua volta final do Q1 na curva 3 e sairá de último.

Q1

Após um TL3 com pista molhada, a classificação foi em pista seca e com sol. As Ferraris vieram rapidamente à pista, com Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel cravando as melhores marcas da sessão na casa de 1min23s nos primeiros minutos.

Kimi ainda melhorou sua volta para 1min23s096, mas Hamilton botou ordem na casa e subiu para segundo lugar. O inglês foi o único a entrar na casa de 1min22s, fazendo 1min22s824 e deixando as duas Ferraris logo atrás.

Foram cortados Brendon Hartley, Marcus Ericsson, Charles Leclerc, Sergey Sirotkin e Pierre Gasly.

Q2

Hamilton iniciou a segunda fase do treino com tudo. O inglês cravou o tempo de 1min22s051, colocando quase 0s5 em cima de Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel. Valtteri Bottas ficou a 0s6 do parceiro Hamilton.

Os dois carros da Red Bull foram para esta sessão com os pneus supermacios, diferente do resto dos carros, que utilizaram os ultramacios.

No fim, Hamilton melhorou o tempo para 1min21s944, mas Vettel chegou perto, ficando 0s107 atrás do atual campeão. Bottas ficou em terceiro, com Verstappen 0em quarto.

Foram eliminados Alonso, Vandoorne, Perez, Stroll e Ocon.

Q3

A sessão se iniciou com uma bandeira vermelha protagonizada por Valtteri Bottas. O piloto da Mercedes errou na curva 2 na sua primeira volta rápida e destruiu seu carro, deixando destroços na pista.

Após a limpeza, Hamilton cravou o melhor tempo na primeira tentativa com 1min22s051, superando Sebastian Vettel por apenas 0s034 no cronômetro. O piloto alemão foi melhor nos dois primeiros setores, mas perdeu para Lewis no último. Verstappen ficou em terceiro, com Raikkonen e Ricciardo logo atrás.

O britânico destruiu em sua segunda tentativa, e fez 1min21s164. Foi a 73ª pole de Hamilton na F1. 

O GP da Austrália está marcado para as 2h10 da madrugada deste domingo (25) no horário de Brasília.

Grid provisório

Pos.PilotoChassiMotorTempoDif.
1 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 1'21.164  
2 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 1'21.828 0.664
3 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 1'21.838 0.674
4 netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 1'21.879 0.715
5 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 1'23.187 2.023
6 france Romain Grosjean  Haas Ferrari 1'23.339 2.175
7 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 1'23.532 2.368
8 australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 1'22.152 0.988
9 spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 1'23.577 2.413
10 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes    
11 spain Fernando Alonso  McLaren Renault 1'23.692 2.528
12 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 1'23.853 2.689
13 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 1'24.005 2.841
14 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 1'24.230 3.066
15 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 1'24.786 3.622
16 new_zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 1'24.532 3.368
17 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 1'24.556 3.392
18 monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 1'24.636 3.472
19 russia Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 1'24.922 3.758
20 france Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 1'25.295 4.131
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pista Melbourne Grand Prix Circuit
Tipo de artigo Relato de classificação