Hamilton espera que vitória na Hungria seja "virada"

Inglês destaca melhoria no carro da McLaren nas últimas provas e diz que precisa se focar para lutar pelo título

Depois de conquistar apenas quatro pontos nas três provas anteriores ao GP da Hungria, Lewis Hamilton vê a vitória em Budapeste como o momento de virar o jogo. O piloto da McLaren ocupa a quarta colocação no Mundial, a 47 pontos do líder Fernando Alonso.

“É uma virada para nós, mas é fácil fazer isso olhando para onde estávamos na última corrida. Ninguém sabe o que pode acontecer no restante do campeonato, ainda temos muito pela frente e tenho de fazer tudo – assim como a equipe – para me focar 100%, conseguir os resultados, os pit stops, a performance. Acho que é possível, mas a pressão dos outros é incrível.”

Mas não foi apenas Hamilton que viveu uma fase ruim nas últimas provas: a McLaren chegou a ser ultrapassada por Lotus e Ferrari, ocupando a quarta posição no Mundial de Construtores pela primeira vez desde 2009. Com o resultado da Hungria, o time de Woking recuperou o segundo posto.

“Sinto-me menos preocupado porque a equipe esteve sob muita pressão para trazer novidades para o carro, assim como nós vivemos uma grande pressão para ter os resultados. Mesmo assim, todos continuaram forçando e novas peças no carro que espero que tenham nos colocado de volta na briga – pelo menos tornaram o carro definitivamente melhor do que era.”

Com a melhora no carro – além da conquista de Hamilton em Budapeste, seu companheiro Jenson Button foi segundo na Alemanha – o inglês espera voltar à luta pelo bicampeonato.

“Há muito por vir e, da maneira como o campeonato transcorreu até agora, tudo pode acontecer. O mais importante é não desistir e tentar obter mais pontos – mais do que eu tenho obtido – porque ainda há tempo de brigar pelo campeonato.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias