Hamilton faz as pazes com Verstappen após toque no Bahrein

Lewis Hamilton colocou um ponto final nos desdobramentos de seu toque com Max Verstappen no GP do Bahrein, tendo conversado com o holandês nos preparativos para o GP da China, em Xangai, nesta quinta-feira.

Na antessala do pódio em Sakhir, um microfone flagrou Hamilton chamando Verstappen de “idiota” quando reassistia ao acidente do estágio inicial da corrida. 

Para esclarecer o mal-entendido, Hamilton conversou com Verstappen na China quando ambos se encontraram durante uma sessão de autógrafos, esclarecendo que ele, como piloto mais experiente, se sentiu obrigado a iniciar o contato.

“Eu geralmente falo através das minhas ações na pista. Depois desse incidente, não foi assim”, disse o inglês.

“Mas eu vi Max há pouco e disse a ele. Acho que é sempre bom mostrar respeito, e, independentemente se eu sou o piloto mais velho, senti que era importante procurá-lo.”

“Então, enquanto estávamos dando autógrafos, eu apertei sua mão e disse ‘lamento pela última corrida, independentemente se foi sua culpa ou minha. Não importa, está no passado’.” 

“Espero que esse sinal de respeito mostre muito e ajude a virar a página e proporcionar mais disputas um com o outro. E espero que isso mantenha o respeito, porque é importante entre os pilotos.”

Questionado sobre qual seria a resposta do holandês, Hamilton disse: “Não sei, na verdade. Havia muito barulho lá, mas ele me entendeu.”

Hamilton também afirmou que não mudará a forma com que disputará contra Verstappen. 

“Tenho muito respeito por Max, e espero que vocês possam ter visto isso nos comentários que fiz durante os testes, quando disse que ele tem grande potencial para ser campeão. Como todos sabemos, ele é um piloto muito talentoso.”

“Eu estive nessa mesma posição quando era jovem – eu era um pouco mais velho, na verdade, mas ainda assim é um processo de aprendizado, com toda a pressão por estar em uma equipe de ponta, e você está aprendendo constantemente.”

“Ele terá algumas ótimas corridas e outras ruins, assim como eu tive e terei, e eu sou muito mais velho que ele.”

O incidente no Bahrein criou furor nas redes sociais e fez com que o vencedor da prova, Sebastian Vettel, interviesse para defender Hamilton quando o piloto da Mercedes foi questionado sobre o episódio.

Hamilton afirmou que será mais cauteloso na antessala do pódio no futuro. 

“Eu serei! Acho que tenho ido bem em todos esses anos. Acho que é a primeira vez que eu esqueci que havia câmeras ali. Vocês terão menos coisa para escrever, com certeza.”

“Não sei se é pior para os fãs. Eu diria que, naturalmente, para a imprensa isso dá mais coisas divertidas para escrever.”

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pista Shanghai International Circuit
Pilotos Lewis Hamilton , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias