Hamilton ganha apoio de chefe da Red Bull após ignorar ordens

compartilhar
comentários
Hamilton ganha apoio de chefe da Red Bull após ignorar ordens
Por: Julianne Cerasoli
29 de jul de 2014 10:42

Christian Horner, que esteve no centro de polêmica entre Webber e Vettel, diz entender reação do inglês

Ao negar as ordens de equipe para deixar o companheiro Nico Rosberg passar durante o GP da Hungria, Lewis Hamilton ganhou o apoio de Christian Horner, chefe da Red Bull. O dirigente, que esteve no centro de um caso semelhante em sua equipe no GP da Malásia de 2013, quando Sebastian Vettel ignorou o pedido de ficar atrás de Mark Webber e venceu a prova, acredita que a vantagem da Mercedes é tanta que era difícil de esperar uma atitude diferente do inglês.

[publicidade]Hamilton e Rosberg tinham estratégias diferentes e a equipe pediu ao britânico que liberasse o companheiro, que ainda teria uma parada nos boxes por fazer. No final da prova, ficou provado que Lewis estava certo, pois a tática de Nico era melhor e os dois terminaram separados por menos de um segundo. Caso deixasse o alemão passar, Hamilton teria fatalmente terminado atrás.

“Inevitavelmente, é muito difícil. O interessante com a Mercedes neste ano é que, como eles têm uma vantagem muito grande, eles deixaram os pilotos disputarem. Eles não têm ameaças. Então dá para entender Lewis. Ele está lutando contra Nico. Se ele o deixa fazer sua estratégia mais rápida, isso o pressiona”, acredita Horner. “É totalmente compreensível do ponto de vista de Lewis dizer ‘hoje não, obrigado’.”

Após a prova, até a própria equipe Mercedes reconheceu o erro. “No início da temporada era fácil dizer quais eram as regras, mas agora está claro que os dois estão lutando pelo campeonato e está ficando mais intenso”, afirmou o austríaco, ouvido pelo TotalRace. “Precisamos conversar para saber como melhorar e, talvez, chegaremos à conclusão de que o que tínhamos antes não funciona mais porque não podemos pedir para um piloto prejudicar sua própria campanha no campeonato para favorecer a equipe. Precisamos discutir isso.” 
Próxima Fórmula 1 matéria
Ferrari pede cautela no entusiasmo após melhor resultado do ano

Previous article

Ferrari pede cautela no entusiasmo após melhor resultado do ano

Next article

Rosberg está batendo Hamilton com méritos, opina ex-piloto

Rosberg está batendo Hamilton com méritos, opina ex-piloto
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias