Hamilton ganha elogios por comportamento em sábado caótico

Apesar de problemas enfrentados na China, piloto manteve a calma e incentivou equipe em vez de esbravejar

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que o desenvolvimento no comportamento de Lewis Hamilton tem sido impressionante, citando como o campeão mundial reagiu aos problemas que ele enfrentou na fase classificatória na China.

Não tendo conseguido completar uma volta rápida, Hamilton voltou para a garagem e, em vez de frustração expressa, ele mostrou o seu apoio à equipe. Antes já punido pela troca de câmbio, ele precisará correr com um novo motor e largará em último.

"Ele está em um ótimo lugar", disse Wolff quando questionado pelo Motorsport.com se ele estava vendo um novo Hamilton neste ano.

"O desenvolvimento que eu vi em sua personalidade é impressionante. Ele ganhou dois campeonatos e encontrou-se, penso eu, como pessoa".

"Você pode imaginar quanta pressão ele está sofrendo com todas as pessoas que o criticam, e, no entanto, ele segue o seu instinto, ele segue o seu caminho, e isso parece estar funcionando".

"E para a equipe é ótimo. Nós temos dois pilotos muito competitivos que estão de bom humor, dão energia e empurram a equipe para a frente".

"O Lewis eu vi hoje voltar direto para a garagem depois de uma situação dessas e apertar a mão de todos, dando um pouco de aplauso pelo apoio, o que me deixa com a boca aberta."

Ao saber dos comentários de Wolff, Hamilton concordou que ele está muito mais confortável neste ano.

"Em primeiro lugar é muito bom ouvir isso de Toto, alguém que eu respeito muito, e que tem sido uma parte real desta jornada em que eu estou. É apenas uma parte do processo de crescimento".

"Eu me sinto confortável com quem eu sou, e eu estou feliz. Eu realmente não sei como explicar isso".

Hamilton salientou que ele está concentrando toda a sua energia no futuro.

"Com certeza a minha mentalidade é talvez um pouco diferente, mais relaxada. Isso não significa que  estou feliz, eu estou lutando pelo título de campão do mundo, e, no momento, ele está longe"

"Há um longo, longo caminho a percorrer. Por isso não há necessidade real de ficar muito estressado sobre isso, não há nenhuma razão para me debruçar sobre o que aconteceu apenas uma hora atrás, porque não há nada que eu possa fazer".

"Tudo o que posso fazer é tentar moldar o futuro, e é realmente nisso que eu estou tentando colocar minha energia. Zero de energia para o que está atrás de mim, 100% de energia para o que está na frente."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pista Shanghai International Circuit
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias