Hamilton herda vitória em GP frenético no Azerbaijão

compartilhar
comentários
Hamilton herda vitória em GP frenético no Azerbaijão
29 de abr de 2018 13:59

Após Safety Car, Vettel erra, Bottas fura pneu e britânico conquista sua primeira vitória na temporada 2018

Sebastian Vettel, Ferrari SF71H leads at the start of the race
Safety car leads the field and marshal
Race retiree Sergey Sirotkin, Williams FW41
Christina Aguilera, in the Safety car
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09 EQ Power+ heads to the grid
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, on the grid
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team

Teve de tudo. O GP do Azerbaijão deste domingo (29) foi a melhor corrida da temporada de 2018 até aqui. A quarta etapa do mundial parecia claramente nas mãos do alemão Sebastian Vettel. No entanto, um Safety Car no fim, causado por um acidente das duas Red Bulls, mudou a história da corrida.

Beneficiado por um Safety Car no GP da Austrália para derrotar Lewis Hamilton, desta vez Vettel teve azar e acabou perdendo o primeiro lugar do mesmo jeito para Valtteri Bottas. Na relargada, ele tentou recuperar a posição, mas errou e caiu para quarto.

Bottas tinha a vitória nas mãos, mas passou por cima de um detrito e furou seu pneu a três voltas do fim. Isso deu a vitória a Lewis Hamilton, a primeira da Mercedes no ano.

Kimi Raikkonen, que parou na primeira volta após um toque com Esteban Ocon ter danificado sua asa dianteira, ficou com o segundo lugar. Sergio Perez, que também parou na primeira volta por tocar em outro carro, ficou em terceiro, repetindo o seu pódio de 2016 em Baku.

Protagonizando um belíssimo duelo durante a corrida, as Red Bulls foram atração à parte. Max Verstappen superou Daniel Ricciardo após a primeira entrada do Safety Car. O australiano lutou bravamente para superar o parceiro, e conseguiu antes de sua parada, mas voltou atrás do holandês depois do pit stop. Ricciardo tentou superar o parceiro depois, e acabou atingindo Max por trás, trazendo o Safety Car para a pista no fim da prova.

Durante a neutralização da prova, Romain Grosjean, sexto colocado, acabou perdendo o controle de seu carro e bateu no muro.

Atrás de Vettel, em quarto, veio Carlos Sainz com a Renault e Charles Leclerc da Sauber, marcando os seus primeiros pontos na F1. Quem também marcou o primeiro ponto foi o neozelandês Brendon Hartley, que ficou em décimo com a Toro Rosso.

A corrida

Na saída, Vettel manteve o primeiro lugar, com Hamilton em segundo seguido de Bottas, Ricciardo e Verstappen. Kimi foi ultrapassado por Ocon e tentou recuperar a posição na curva 3. O francês fechou a trajetória e acabou batendo na Ferrari. A force India foi para o muro.

Mais atrás, Sirotkin bateu em Alonso no meio da reta para a curva 3. Sirotkin e Ocon foram obrigados a abandonar e o Safety Car veio para a pista.

Na volta da prova, Verstappen superou Ricciardo e levou Sainz com ele. O australiano caiu para sexto.

As Renaults eram mais rápidas que as Red Bulls. Sainz passou por Verstappen, enquanto Hulkenberg superou também as duas Red Bull e foi para quinto. No entanto, o alemão acabou acertando o muro na curva quatro e abandonou a corrida.

Na volta 15 os dez primeiros eram Vettel, Hamilton, Bottas, Sainz, Verstappen, Ricciardo, Leclerc, Raikkonen, Stroll e Perez. Dos primeiros, Sainz foi o primeiro a parar, na volta 16. Ele voltou em 12º lugar.

Na volta 22, após tirar um segundo de Vettel, Hamilton travou os dianteiros na primeira curva e, além de perder tempo, precisou ir aos pits após ter problemas de pneus. Ele voltou em terceiro.

Vettel parou na volta 31 e colocou os pneus macios – mais duros disponíveis no final de semana. Na volta 35, Ricciardo, depois de muitas investidas, conseguiu finalmente ultrapassar Verstappen. Ricciardo parou para colocar os pneus ultramacios na 38. Na volta ele ficou atrás de Verstappen e uma volta depois acertou o parceiro, trazendo o Safety Car para a pista.

Na volta à prova, Bottas ficou à frente de Vettel pela estratégia. Vettel errou na saída do Safety Car, e Bottas ficou na frente, até a volta seguinte, quando o piloto finlandês passou por cima de um pedaço de carro na reta e furou seu pneu.

Hamilton ficou com a vitória.

A próxima etapa da F1 é em duas semanas, na Espanha.

Confira o resultado:

Pos.PilotoChassisMotorTempo
1 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes -
2 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 2.460
3 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 4.024
4 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 5.329
5 spain Carlos Sainz  Renault Renault 7.515
6 monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 9.158
7 spain Fernando Alonso  McLaren Renault 10.931
8 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 12.546
9 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 14.152
10 new_zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 18.030
11 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 18.512
12 france Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 24.720
13 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 30.663
14 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 3 vts
  france Romain Grosjean  Haas Ferrari 9 vts
  netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 12 vts
  australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 12 vts
  germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 41 vts
  france Esteban Ocon  Force India Mercedes  
  russia Sergey Sirotkin  Williams Mercedes  
Próxima Fórmula 1 matéria
GALERIA: As melhores imagens do sábado no Azerbaijão

Previous article

GALERIA: As melhores imagens do sábado no Azerbaijão

Next article

TABELA: com vitória inesperada, Hamilton é líder na F1

TABELA: com vitória inesperada, Hamilton é líder na F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Localização Baku City Circuit
Tipo de matéria Relato da corrida