Hamilton lucra com abandono de Rosberg e vence em casa

Inglês está a apenas 4 pontos do companheiro, em dia de grande recuperação de Bottas e luta de campeões

Depois de dois abandonos de Lewis Hamilton por problemas técnicos em sua Mercedes, desta vez foi Nico Rosberg que ficou pelo caminho. O inglês largou em sexto para vencer pela segunda vez o GP da Grã-Bretanha e diminuir para quatro pontos a vantagem do companheiro na liderança do campeonato.

[publicidade]A prova foi marcada ainda por uma recuperação incrível de Valtteri Bottas, que fez várias ultrapassagens na pista para pular de 14º no grid para o segundo posto. Daniel Ricciardo também andou muito bem para pular de oitavo para terceiro.

A prova em Silverstone ainda teve direito a uma briga incrível entre Fernando Alonso e Sebastian Vettel, pela quinta colocação, batalha vencida pelo alemão. O quarto lugar ficou com Jenson Button, que chegou lutando pelo pódio com Ricciardo.

Felipe Massa abandonou ainda na primeira volta, após batida com Kimi Raikkonen, em acidente que causou uma bandeira vermelha e interrupção de mais de uma hora.

Na largada, o pole Nico Rosberg pulou bem, o mesmo não acontecendo com Sebastian Vettel, que caiu para quinto. As Mclaren largaram bem e Jenson Button assumiu o segundo posto e Kevin Magnussen, o terceiro. Lewis Hamilton novamente largou bem e ganhou duas posições, pulando de sexto para quarto, com direito a toque com Vettel.

Largando bem atrás, Kimi Raikkonen escapou da pista e, quando voltou, perdeu o controle de sua Ferrari, batendo violentamente e cruzando a pista. Tentando evitar o acidente, Massa, que havia tido problemas na largada e chegou a ficar em último, rodou e bateu no ex-companheiro. O brasileiro ainda tentou voltar aos boxes e continuar na prova, mas não foi possível devido à quebra da suspensão traseira. Raikkonen saiu do carro com dificuldades para andar.

O acidente provocou uma bandeira vermelha, com relargada atrás do Safety Car, com Rosberg em primeiro, seguido por Button, Magnussen, Hamilton, Vettel, Hulkenberg, Ricciardo, Kvyat, Bottas e Bianchi. Entre os pilotos de ponta que largaram mais atrás, Alonso pulou de 16º para 13º.

Na relargada, Hamilton logo se livrou das McLaren e, na volta 4, já estava na caça ao líder Rosberg. Mas quem voltou melhor foi Valtteri Bottas, que ultrapassou com facilidade Kvyat, Ricciardo e Hulkenberg, em menos de três voltas. Alonso também relargou bem, pulando para nono já na sexta volta.
Aproveitando a briga entre Ricciardo e Hulkenberg, Alonso ganhou a posição do australiano. Duas voltas depois, foi a vez do espanhol superar o alemão.

Porém, o piloto da Ferrari foi punido com um stop and go de 5s por ter posicionado seu carro mais à frente no grid.
Com 11 voltas, Sebastian Vettel foi o primeiro a parar, livrando-se dos pneus duros. A parada liberou Bottas, que foi para cima e passou Magnussen. Assim, na volta 14, o finlandês pulara de 14º para o quarto lugar.

O dinamarquês também foi superado por Alonso, outro que vinha em uma excelente recuperação: de 16º para quinto em 16 voltas. Na volta seguinte, Bottas passou Button e garantiu a terceira posição.

Enquanto isso, na ponta, Hamilton diminuía bastante a diferença para Rosberg. O líder teve, por várias voltas, cerca de 5s de vantagem, mas viu o companheiro se aproximar e chegar a menos de três segundos até que o alemão fez sua primeira parada, na volta 18.

Hamilton optou por não responder imediatamente e só parou seis voltas depois, optando pelos pneus duros, diferentemente do companheiro. O inglês voltou 6s atrás de Rosberg. Na volta 26, foi a vez de Alonso pagar sua punição e fazer sua parada, voltando em nono.

Com os pneus duros, Hamilton voltou a se aproximar de Rosberg, cortando quatro segundos em quatro voltas. Mas o inglês não precisou fazer a ultrapassagem na pista: Nico teve problemas de câmbio e abandonou.

Pouco antes de sua segunda parada, Vettel apareceu momentaneamente em segundo, mas foi superado por Bottas e, no retorno de seu segundo pitstop, foi ultrapassado por Alonso, na briga pela quinta posição. Button era o quarto, Ricciardo o terceiro e Bottas o segundo. A luta entre o espanhol e o alemão continuou durante várias voltas, com a Ferrari resistindo mesmo com pneus mais velhos.

Na ponta, Hamilton pôde até fazer mais um pitstop sem perder a primeira posição, enquanto Bottas também só conservava a segunda posição. Mais atrás, Vettel e Alonso continuavam com sua briga espetacular até cinco voltas para o final, quando o alemão finalmente ultrapassou em uma manobra sensacional, em uma luta que aconteceu na pista e nos rádios, com ambos pilotos reclamando muito um do outro.

A Fórmula 1 volta em duas semanas, agora na casa de Rosberg, no GP da Alemanha.

Resultado do GP da Grã-Bretanha

1. Lewis HamiltonGrã-Bretanha Mercedes-Mercedes 2hr 26m 52.094s 52 voltas 
2. Valtteri BottasFinlândia Williams-Mercedes +00m 30.1s 
3. Daniel Ricciardo Austrália Red Bull-Renault +00m 46.4s 
4. Jenson Button Grã-Bretanha McLaren-Mercedes +00m 47.3s 
5. Sebastian Vettel Alemanha Red Bull-Renault +00m 53.8s 
6. Fernando AlonsoEspanha Ferrari-Ferrari +00m 59.9s 
7. Kevin Magnussen Dinamarca McLaren-Mercedes +01m 02.5s 
8. Nico Hulkenberg Alemanha Force India-Mercedes +01m 28.6s 
9. Daniil Kvyat Rússia Toro Rosso-Renault +01m 29.3s 
10. Jean-Eric Vergne França Toro Rosso-Renault +1 volta 

11. Sergio Perez México Force India-Mercedes +1 volta 
12. Romain Grosjean França Lotus-Renault +1 volta 
13. Adrian Sutil Alemanha Sauber-Ferrari +1 volta 
14. Jules Bianchi França Marussia-Ferrari +1 voltas 
15. Kamui Kobayashi Japão Caterham-Renault +2 voltas 
16. Max Chilton Grã-Bretanha Marussia-Ferrari +2 voltas 
17. Pastor Maldonado Venezuela Lotus-Renault +3 voltas 

Abandonaram
Nico RosbergAlemanha Mercedes-Mercedes 28 voltas completadas 
Marcus EricssonSuécia Caterham-Renault 11 voltas completadas 
Esteban GutierrezMéxico Sauber-Ferrari 9 voltas completadas 
Felipe MassaBrasil Williams-Mercedes 1 volta completada
Kimi RaikkonenFinlândia Ferrari-Ferrari 0 voltas completadas 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias