Hamilton mantém otimismo: "Ninguém é inacessível"

Líder do campeonato acreditava que as duas Ferraris fossem mais rápidas que a dupla da Red Bull

Lewis Hamilton viu Daniel Ricciardo ser o mais veloz da sexta-feira, na abertura dos trabalhos visando o GP de Cingapura. O piloto da Mercedes foi o quarto mais rápido na primeira sessão e o terceiro na segunda.

Ao final do dia, Hamilton comentou seu desempenho e dos seus rivais também.

"Foi um dia limpo, não tivemos nenhum problema e a aderência na pista estava boa, apesar de estar muito quente."

"Eles (Red Bull) estão muito rápidos, particularmente no último setor. Também parecem poder manter a temperatura dos seus pneus", disse ele.

"Faremos algumas mudanças para ver se podemos tirar mais do carro, mas antecipamos que eles seriam rápidos. Achávamos que as Ferraris estariam mais rápidos do que eles."

"Há algumas coisas que precisamos fazer, mas acho que ninguém é inacessível."

Valtteri Bottas, que teve problemas com os freios, foi mais lento que seu companheiro de equipe nas duas partes. No TL1 ele foi apenas o sexto e, em seguida, conseguiu a quarta melhor marca.

"Não fizemos os ajustes corretos, mesmo mexendo entre a primeira e a segunda sessão."

"Temos um problema com o equilíbrio do carro e há algumas coisas que precisamos fazer hoje, de acordo com o que aprendemos."

"Obviamente, a frente não estava muito equilibrada, então você não pode confiar muito no carro".

"Este é o assunto principal com o qual temos que trabalhar".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias