Hamilton: Mercedes não pode seguir “blefando” contra Ferrari

compartilhar
comentários
Hamilton: Mercedes não pode seguir “blefando” contra Ferrari
28 de ago de 2018 10:50

Lewis Hamilton afirmou que a Mercedes não poderá continuar “blefando” contra a Ferrari na luta pelo título de 2018 e acredita que as próximas corridas trarão a realidade de sua batalha contra Sebastian Vettel.

Hamilton possui uma vantagem de 17 pontos sobre Vettel após o GP da Bélgica, vencido pelo alemão, quando a Ferrari desfrutou de uma performance superior na corrida em que ambas as fabricantes trouxeram melhorias em seus motores.

Hamilton disse que a performance da Ferrari definitivamente é uma preocupação, já que ele e a Mercedes somente estão à frente por terem capitalizado sobre os “infortúnios” de Vettel antes das férias da F1.

“Eles estão com vantagem sobre nós já há algum tempo”, disse Hamilton. “O pêndulo se moveu um pouco.”

“Eu diria que, nas duas últimas corridas em particular, nós simplesmente fizemos um trabalho melhor. Fizemos um trabalho melhor com as cartas que tínhamos, mesmo que eles tivessem um carro melhor.”

“Nós quase embarcamos em seu blefe. Mas há somente algumas vezes em que podemos fazer isso.”

“Se você continuar jogando com uma quantia de cartas e você está blefando, só há algumas vezes em que você pode fazer isso antes de o oponente perceber o que você está fazendo.”

Hamilton disse que a derrota na Bélgica teria sido “mais dolorosa” se ele não tivesse uma vantagem na pontuação para absorver a vitória de Vettel.

“As próximas corridas contarão a história verdadeira. As próximas duas ou três corridas realmente mostrarão se eles continuarão com essa alta performance.”

Hamilton afirmou que a potência da Ferrari é “obviamente muito melhor do que era no ano passado” e que eles “passaram por nós com tranquilidade na largada”, sem conseguir equiparar o ritmo de Vettel em Spa.

Ele considera, porém, que a Mercedes deve ser mais forte na Itália, já que a vantagem da Ferrari é em aceleração, o que dá boas performances em zonas de tração e contribui para a maior velocidade em reta. No entanto, há somente um trecho assim em Monza, na primeira chicane.

No entanto, caso a Ferrari permaneça como o carro a ser batido, Hamilton disse que ele não ganhará motivação extra ao lutar contra um rival com um pacote melhor, e que ele precisa simplesmente aceitar que estará limitado em algumas corridas.

“Há somente algumas corridas em que eu posso fazer isso. Não consigo sempre criar milagres”, disse. “Haverá momentos em que isso simplesmente não funciona.”

“Ainda podemos vencê-los em corridas. Só não sei em quais isso acontecerá.”

A chuva deu a Hamilton um grande impulso nas últimas três corridas, permitindo que ele fizesse diferença e impedindo a Ferrari de extrair o máximo de sua performance.

Hamilton disse: “A chuva cria oportunidades, mas não podemos simplesmente depender disso. Temos de melhorar nossa performance para que possamos tirar o máximo em dias de condições de seco.”

Próxima Fórmula 1 matéria
A 6 pontos da Renault, Haas celebra resultado em Spa

Previous article

A 6 pontos da Renault, Haas celebra resultado em Spa

Next article

Em meio a rumores, Williams garante Stroll em Monza

Em meio a rumores, Williams garante Stroll em Monza
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias