Hamilton não deve comparecer ao julgamento de Adrian Sutil

Testemunha do processo que investiga agressão cometida pelo alemão teria alegado que tem compromissos profissionais

Sutil e Hamilton

Lewis Hamilton não deve comparecer ao julgamento de Adrian Sutil, marcado para o início da semana que vem, na Alemanha. O piloto é acusado de lesão corporal após se envolver em uma briga com o diretor da Lotus, Eric Lux, em casa noturna na China, ano passado.

Hamilton, que comemorava sua vitória no GP chinês, encontrava-se no local no momento em que Lux sofreu um corte no pescoço que haveria sido causado por um ataque de Sutil, munido de um copo de champanhe.

O inglês havia sido convocado pela justiça alemã como testemunha, mas, de acordo com a BBC, seus advogados entraram em contato com os alemães indicando que o campeão de 2008 não estará presente no julgamento devido a compromissos profissionais. Hamilton estará no lançamento da McLaren dia 1º de fevereiro, na sede da equipe, em Woking.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias