Hamilton não digere resultado de Melbourne: "Não gosto de andar para trás"

Após largar na pole e ser superado pelo companheiro, inglês espera corrida apertada na Malásia com Red Bull e Mercedes na briga

Hamilton lhe dá nota baixa para desempenho na Austrália

A cara de Lewis Hamilton no pódio do Grande Prêmio da Austrália não era das melhores. O inglês largou na pole e logo na primeira curva viu o companheiro Jenson Button levar a melhor. Além disso, foi superado por Sebastian Vettel, terminando em terceiro. Quatro dias se passaram e Hamilton não parece ter digerido o resultado. "Daria a nota 5 ou 6 [para o GP da Austrália]. Há muita margem para melhorar. Muitas coisas deram errado, algumas que fugiram ao meu controle, mas isso é automobilismo."

Vendo certa incredulidade entre os jornalistas diante de seu incômodo por ter ficado "apenas" em terceiro, Hamilton explicou: "Comecei na pole e fui para trás. Não gosto de andar para trás."

"Se você começa em oitavo, anda para a frente e termina em quarto foi um bom fim de semana. Se você larga em 20º, ultrapassa muitos carros e termina em 10º foi um ótimo fim de semana. Se você larga na pole você não quer nada menos que ser primeiro", argumentou o campeão de 2008 em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

Após muitas perguntas sobre o assunto, Hamilton mudou o tom na parte final de sua entrevista. "Não posso reclamar, pois estive no pódio em terceiro. Terceiro é bom o bastante. Em 2007, fiquei nesta posição. Há muitas coisas positivas, especialmente ver que Jenson venceu e que o ritmo do carro foi ótimo durante todo o fim de semana."

Com a corrida da Malásia pela frente, o inglês acredita que a McLaren continuará firme na luta pelo topo, mas sem vida fácil. "Acho que estaremos muito competitivos neste fim de semana. Mas como todos notaram, muita gente está perto de nós. O clima sempre muda e acho que será uma corrida interessante. Acredito que a Red Bull andará bem aqui."

"No momento todos estão próximos e a Mercedes está no bolo. Eles foram rápidos, especialmente em classificação, mas não muito na corrida. Acho que estarão no páreo neste fim de semana."

Ainda que muitos classifiquem a McLaren como time dominante, Hamilton vê diversas possibilidades na luta pelo melhor ritmo de prova. "Acho que na corrida nosso ritmo foi muito parecido com o da Red Bull e a própria Ferrari andou bem também. Acho que podemos melhorar com as informações obtidas na última corrida."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias