Hamilton não planeja se ajoelhar durante hino no GP dos EUA

Piloto inglês reitera apoio a protestos, mas por foco, não fará o mesmo antes do GP dos Estados Unidos

Uma série de atletas em várias modalidades esportivas nos Estados Unidos se ajoelharam - em vez de ficarem em pé - durante o hino nacional, como protesto contra a discriminação racial e a brutalidade policial.

Este método, lançado pelo, agora desempregado, quarterback da NFL, Colin Kaepernick, no ano passado, recentemente ressurgiu como um dos principais assuntos quando Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, criticou publicamente aqueles que optaram por se ajoelhar.

Poucas semanas atrás, o piloto britânico Hamilton falou em defesa daqueles que protestavam e acrescentou que, tendo em conta os recentes acontecimentos, ele consideraria se ajoelhar durante o evento dos Estados Unidos.

Mas, enquanto reiterou seu apoio ao movimento, Hamilton esclareceu que atualmente não está planejando protestar.

"Eu realmente não tenho planos", disse ele. "É claro que muito se fala nisso, não do ato de se ajoelhar, mas apenas de toda a situação aqui na América."

"Conheço pessoas brancas e negras que vivem aqui na América, então tenho uma visão do que está acontecendo aqui e as opiniões dos americanos aqui sobre o movimento."

"Respeito muito e descobri que o movimento que Kaepernick iniciou é impressionante e eu sou muito a favor disso."

"Mas estou aqui para ganhar e esse é o topo das minhas prioridades no momento."

Hamilton, que lidera o campeonato por 59 pontos de vantagem na classificação e poderá garantir seu quarto título da F1 em Austin, disse que não queria se distrair de seu objetivo principal.

"Como eu disse, estou aqui para ganhar. Esse é o meu foco. Na verdade, não pretendo permitir que todas as bobagens que estão envolvendo o assunto me retirem do meu esforço para conquistar este título mundial."

"Trabalhei arduamente para estar onde estou hoje e, enquanto tenho opiniões e sentimentos em relação a toda a situação, como já disse, no momento, não há planos para fazer nada."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias