Hamilton não se surpreende com Rosberg e comemora consistência

Inglês chega à liderança do campeonato após ser o único piloto a manter-se no pódio nas três primeiras provas

Inglês agora é líder do campeonato

Único piloto a chegar ao pódio nas três primeiras corridas do campeonato e, consequentemente, novo líder na tabela, Lewis Hamilton não se mostrou surpreso pelo ritmo de corrida demonstrado por Nico Rosberg, que igualou o feito do inglês em 2007, no GP do Canadá, ao vencer e conquistar a primeira pole no mesmo final de semana.

“Durante todo o final de semana ficou claro que ele seria rápido se conseguisse escapar na frente no início. O sentimento de fazer sua primeira pole e vencer a primeira corrida é maravilhoso, queria parabenizar o Nico.”

Terceiro em todas as etapas disputadas até aqui, Hamilton comemorou o trabalho da McLaren durante a prova e destacou as brigas que marcaram a corrida.

“A equipe fez um grande trabalho com a estratégia e os pit stops e também acho que foi uma das melhores corridas da temporada em termos de disputas. Em determinado momento estava em um trilho de oito carros, todos brigando por posição.”

Perguntado sobre a briga pela terceira colocação, com Sebastian Vettel, o piloto da McLaren destacou as várias disputas que teve durante a parte final da prova.

“Não era só com ele, estava disputando com todos. Eles eram muito rápidos na reta. Tinha que usar todo o KERS antes de entrar na zona do DRS. Acho que perdemos um pouco de tempo acredito que atrás do Perez, mas foi uma corrida emocionante.”

Com o resultado, Hamilton tornou-se o único piloto a conquistar pódios nas três etapas iniciais e foi alçado à liderança do Mundial, com apenas dois pontos de vantagem para Button. Fernando Alonso, que era líder antes da etapa, foi apenas o nono na China e caiu para terceiro, a oito pontos do piloto da McLaren.

"Se continuar trabalhando dessa maneira, tenho certeza de que as vitórias chegarão. Temos de nos certificar que continuemos avançando porque a Mercedes melhorou e as Red Bull estão próximas, além de Ferrari e Sauber”, ponderou o inglês. 

Indagado se a consistência no campeonato estava lhe estava favorecendo, Lewis não deixou dúvidas, mas com chances de vitórias nas corridas desta temporada, o inglês queria um pouco mais do que o lugar mais baixo do pódio.

“Consistência é bom, mas não era o que eu queria. Tive a oportunidade de vencer duas corridas e ontem tinha tempo para sair na primeira fila, mas também não consegui vencer hoje. Mas estou feliz pelo time, estou feliz pelo Nico e feliz em liderar o campeonato de pilotos e de construtores”, finalizou Hamilton.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias