Hamilton reprova vaias a Rosberg no pódio de Monza

Britânico saiu em defesa do companheiro de Mercedes, com quem viveu uma 'Guerra Fria' nas últimas semanas

Mais tranquilo, Hamilton repudiou as vaias a Nico Rosberg
Um momento constrangedor marcou o pódio do GP de Monza, no último domingo. Envolvido em polêmica com o companheiro de Mercedes e vencedor da corrida, Lewis Hamilton, o alemão Nico Rosberg foi vaiado pelo público italiano. A atitude, entretanto, não caiu bem sob o britânico, que, apesar da rivalidade recente, recriminou o ato.
 
[publicidade] “Eu fiquei um pouco constrangido quando vaiaram o Nico. Não gosto de coisas como esta no esporte. Depois da corrida e quando você sai do carro, todos são muito bons com os outros”, discursou Hamilton.
 
O britânico diminuiu para apenas 22 pontos a desvantagem entre os dois na briga pela liderança do Mundial de Pilotos. 
 
Após semanas de polêmicas, nascidas depois de uma colisão provocada por Rosberg, a qual acabou em um pneu furado para Hamilton em Spa-Francorchamps, o vencedor da corrida na Itália decretou a paz na Mercedes.
 
Ainda no pódio, perguntado sobre a ‘abalada’ amizade entre os dois, Hamilton foi sucinto: ‘Eu e Nico sempre seremos amigos’.
 
O próximo encontro entre os dois pilotos da Mercedes está marcado para o dia 21, data na qual está marcado o Grande Prêmio de Cingapura. 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias