Hamilton se preocupa com problemas da Mercedes em largadas

Para chefe, britânico foi atrapalhado por superaquecimento da embreagem após duas voltas de apresentação na Hungria

As más largadas no GPs da Grã-Bretanha e da Hungria acenderam a luz de alerta na Mercedes. Lewis Hamilton mostrou preocupação com os problemas de sua equipe no último domingo, em Hungaroring. Segundo Lewis, seu primeiro treino de largada foi bom, mas, quando foi para valer, o carro não respondeu bem.

"A largada para a volta de apresentação foi boa, a segunda largada não", disse ele.

Não muito otimista, o britânico espera algo semelhante a partir de Spa, quando nenhum piloto terá auxílio dos boxes para as saídas. "Imagino que vamos ter muito disso.”

“Teria sido uma corrida diferente no domingo se eu tivesse uma boa largada, mas não foi o caso e não consegui reagir de maneira correta."

Paddy Lowe, diretor técnico da equipe, acredita que o problema com o carro de Hamilton no momento da partida tenha sido o superaquecimento da embreagem, causado pelo grid ter de dar uma segunda volta de apresentação depois de Felipe Massa ter posicionado errado seu carro.

Para Lowe, Rosberg apenas sofreu com falta de aderência em sua posição de largada.

"Estou muito preocupado", disse o chefe da equipe, Toto Wolff.

"Talvez seja melhor para nós na Bélgica. Duas Williams nos passaram da última vez e agora fomos ultrapassados por duas Ferraris. Foi isso que desencadeou toda a confusão e o incidente da primeira volta com Lewis. Precisamos ficar em cima desta situação. Isso não é aceitável e deve ser analisado. Com certeza não é bom."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias