Hamilton supera Raikkonen no fim e brilha na Itália

compartilhar
comentários
Hamilton supera Raikkonen no fim e brilha na Itália
2 de set de 2018 14:33

Inglês aproveita erro de Vettel no início, ultrapassa Raikkonen no final e frustra torcida italiana em Monza

Tudo levava a crer que a Ferrari teria um grande domingo em casa, mas não foi o que aconteceu em Monza. Lewis Hamilton jogou água no vinho italiano e venceu pela 68ª vez na carreira. Tudo começou com o toque entre o líder e vice-líder logo na primeira volta, com Sebastian Vettel levando a pior e sendo obrigado a parar nos boxes para a troca do bico.

Hamilton acabou tendo que brigar "apenas" com Kimi Raikkonen, mas teve a ajuda de Valtteri Bottas, que segurou seu compatriota, após o inglês se ver a mais de cinco segundos do rival da Ferrari quando saiu dos pits. Ficando na pista até quando podia, Bottas devolveu a liderança a Kimi, mas com o atual campeão apenas um segundo atrás.

Com problemas de bolhas nos pneus, Hamilton não teve grandes dificuldades ao superar Raikkonen faltando nove voltas para o fim.

Bottas ainda conseguiria um lugar ao pódio depois da punição a Verstappen, por ter se chocado com o piloto da Mercedes e os comissários entendendo que o holandês teve culpa. O piloto da Red Bull foi punido em cinco segundos e acabou em quinto.

Vettel, que teve que fazer uma corrida de recuperação, herdou o quarto lugar e diminuiu os grandes danos na classificação do campeonato. 

A Corrida

Na largada, Kimi Raikkonen pulou à frente, com Vettel e Hamilton brigando pela segunda posição. Ainda na primeira volta os dois se tocaram, mas o alemão levou a pior, rodando e tendo a asa dianteira danificada. O safety car foi acionado pelo acidente envolvendo Hartley, que foi tocado por Ericsson e o piloto da Ferrari foi aos boxes para trocar o bico. Verstappen era o terceiro.

Na relargada, Hamilton superou Raikkonen pela liderança, mas o finlandês deu o troco e uma linda manobra, levando os torcedores à loucura. Logo depois, Magnussen e Pérez se tocaram, com o dinamarquês levando a pior e caindo para a última colocação.

Ao final da 10ª volta, Vettel escalava o pelotão e já ocupava a 11ª posição. Ao mesmo tempo, Fernando Alonso abandonava.

No 19º giro, a briga entre Verstappen e Bottas pelo terceiro posto se intensificava, com o holandês cortando a chicane para manter a posição. Enquanto isso, Vettel superava Sainz pela sétima colocação.

Kimi fez sua primeira parada na 21ª volta, calçando pneus macios. Hamilton acelerava para tentar fazer seu pit stop e sair na frente do finlandês.

Na 24ª volta, o motor Renault de Daniel Ricciardo explodiu, mas as bandeiras amarelas foram apenas locais, sem a necessidade da entrada do carro de segurança.

Hamilton fez sua parada na 29ª volta e saiu com mais de cinco segundos atrás de Raikkonen. A Mercedes matinha Bottas na pista, na tentativa de fazer com que Kimi perdesse tempo atrás de seu compatriota.

E foi o que aconteceu. Bottas segurou o piloto da Ferrari, o que deu nova chance de ataque de Hamilton, antes de fazer sua parada na 37ª volta.

Bottas tentou passar por Verstappen e os dois se chocaram, com o finlandês sendo obrigado a cortar a primeira chicane, faltando 10 para o final. O holandês foi punido em cinco segundos.

Enquanto isso, a batalha entre Raikkonen e Hamilton pela ponta era insana e Hamilton assumia a liderança faltando nove voltas para o fim. Com pneus apresentando bolhas, o piloto da Ferrari não teve condições de acompanhar o rival da Mercedes.

Hamilton acabou cruzando a linha de chegada em primeiro com quase 10 segundos de vantagem, seguido de Raikkonen e Bottas. Vettel foi o quarto colocado e Verstappen, punido, finalizou em quinto.

A Fórmula 1 volta com o GP de Cingapura no dia 16 de setembro.

Resultado final

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pits Abandono Pontos
1   44 United Kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 53 -       1   25
2   7 Finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 53 8.705 8.705 8.705   1   18
3   77 Finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 53 14.066 14.066 5.361   1   15
4   5 Germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 53 16.151 16.151 2.085   2   12
5   33 Netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 53 18.208 18.208 2.057   1   10
6   8 France Romain Grosjean  Haas Ferrari 53 56.320 56.320 38.112   1   8
7   31 France Esteban Ocon  Force India Mercedes 53 57.761 57.761 1.441   1   6
8   11 Mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 53 58.678 58.678 0.917   1   4
9   55 Spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 53 1'18.140 1'18.140 19.462   1   2
10   18 Canada Lance Stroll  Williams Mercedes 52 1 lap 1 Lap 1 Lap   1   1
11   35 Russian Federation Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 52 1 lap 1 Lap 0.000   1    
12   16 Monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 52 1 lap 1 Lap 0.000   1    
13   2 Belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 52 1 lap 1 Lap 0.000   1    
14   27 Germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 52 1 lap 1 Lap 0.000   2    
15   10 France Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 52 1 lap 1 Lap 0.000   1    
16   9 Sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 52 1 lap 1 Lap 0.000   2    
17   20 Denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 52 1 lap 1 Lap 0.000   1    
  dnf 3 Australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 23 30 laps 30 Laps 29 Laps   1 Power Unit  
  dnf 14 Spain Fernando Alonso  McLaren Renault 9 44 laps 44 Laps 14 Laps   1 Retirement  
  dnf 28 New Zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda             Collision
Próxima Fórmula 1 matéria
Ferrari escolhe Leclerc para vaga em 2019, diz emissora

Previous article

Ferrari escolhe Leclerc para vaga em 2019, diz emissora

Next article

TABELA: Hamilton abre 30 pontos após vitória em Monza

TABELA: Hamilton abre 30 pontos após vitória em Monza
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Lewis Hamilton Shop Now
Tipo de matéria Relato da corrida