Hamilton teme que Mercedes seja terceira força em Mônaco

compartilhar
comentários
Hamilton teme que Mercedes seja terceira força em Mônaco
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy , News Editor
23 de mai de 2018 15:56

Líder da atual temporada da F1, Lewis Hamilton teme que o carro da Mercedes seja apenas o terceiro melhor no GP de Mônaco, já que espera por apresentações fortes de Ferrari e Red Bull.

Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, at the start of the race
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09
Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 W09
Charles Leclerc, Sauber, Sebastian Vettel, Ferrari and Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1 in the Press Conference

Hamilton enfrentou um fim de semana difícil em Mônaco em 2017, classificando-se apenas em 14º e tendo de se contentar com o sétimo lugar na corrida.

Aquela seria a única prova no ano em que nenhum piloto da Mercedes subiu ao pódio. Agora, o chefe da equipe, Toto Wolff, expressou sua preocupação com a possível repetição do cenário.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Hamilton admitiu que havia a possibilidade de a Mercedes não ser páreo para suas rivais em ritmo puro nas ruas do principado. 

“Eu prevejo que será um fim de semana difícil”, disse. “Não que será impossível, mas muito mais próximo, e pode ser que nós não estaremos no mesmo ritmo dos outros.”

“Descobriremos amanhã [quinta-feira] o real ritmo ritmo. Estou empolgado com o desafio de qualquer forma – se você olhar para o ano passado, houve vantagens em fazer pitstops antes ou depois dos concorrentes, então tudo ainda é possível.”

Hamilton destacou que a Mercedes “definitivamente aprendeu muito” das decepções de 2017, acrescentando: “Estamos confiantes com nossa preparação. Ela foi definitivamente melhor do que antes.”

Na verdade, a Mercedes foi a segunda mais veloz em volta lançada em Mônaco no ano passado – por mais que Hamilton tenta tido dificuldades, Valtteri Bottas ficou próximo da pole, mas à frente das Red Bulls. 

Contudo, a equipe austríaca conseguiu fazer uso da estratégia para superar o finlandês no domingo. Hamilton acredita que o carro da Red Bull será ainda mais forte em Mônaco, e usou o rendimento no terceiro setor do circuito de Barcelona como evidência.

“Se você olhar para a ultima corrida e os testes de fevereiro, e até mesmo nos testes recentes, as Red Bulls foram particularmente velozes no último setor”, disse.

“É ali que eles são sempre muito fortes, então você pode imaginar que eles serão incrivelmente rápidos aqui neste fim de semana.”

“A Ferrari foi muito, muito forte aqui no ano passado, mas, por qualquer motivo, a Red Bull não se encontrou – mas talvez eles se encontrem neste fim de semana.”

Guia: conheça os detalhes do circuito de Mônaco

 

Próxima Fórmula 1 matéria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Mônaco
Localização Monte Carlo circuito de rua
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias