Hamilton: tentativa de deixar F1 barulhenta não deu certo

Tricampeão do mundo fala que não conseguiu notar diferença após alterações da FIA nos escapamentos

Uma das maiores críticas feitas pelos fãs desde 2014, quando o novo regulamento de motores híbridos entrou em vigor, o barulho dos carros esteve nos últimos dois anos sendo tratado como um dos grandes problemas da categoria.

Para este ano, para tentar solucionar o problema, se tornou obrigatório que as fabricantes de motores colocassem um ou dois tubos de escapamento.

No entanto, segundo o atual tricampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, esta tentativa foi em vão, já que o volume continuou baixo.

"Você conseguiu ouvir a diferença?", perguntou ao The Mirror. "Você tem que ter um bom ouvido para escutar estas mudanças.”

"Não há diferença. Zero. Eu não acho que esteja soando bem."

Hamilton pede aos chefes da F1 que aumentem o volume aos níveis que gostava quando era criança, na década de 1990. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias