Hamilton ultrapassa marca de Senna: "momento especial"

O inglês fez questão de citar o ídolo brasileiro em entrevista após a corrida

Com o primeiro lugar conquistado no GP da Rússia deste domingo (11), Lewis Hamilton venceu a sua 42ª corrida na carreira e ultrapassou a marca de 41 de Ayrton Senna. Em entrevista após a corrida, no alto do pódio, ele disse que se tratava de um "momento especial" na carreira.

"O time fez um trabalho incrível. É um momento especial para mim ultrapassar Ayrton neste final de semana. Estou muito orgulhoso de estar aqui na Rússia, nós nos divertimos muito, muito obrigado a todos vocês. É um país lindo", disse o inglês, para os fãs locais.

Com a 42ª vitória, Hamilton iguala a marca de Sebastian Vettel, e fica atrás somente de Michael Schumacher (91 vitórias) e Alain Prost (51). Aos 30 anos de idade, o piloto da Mercedes ainda tem muitas temporadas pela frente na busca por ultrapassar estes outros recordes.

A performance perfeita na corrida em Sochi deixou Hamilton com uma mão na taça. Agora, o piloto da Mercedes abriu 66 pontos para o novo segundo colocado, Sebastian Vettel, e pode conquistar o seu tricampeonato já no próximo GP, em Ausin, nos EUA, dia 25.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Sub-evento Domingo pós-corrida
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias