Hartley é favorito para substituir Gasly em Austin

compartilhar
comentários
Hartley é favorito para substituir Gasly em Austin
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
12 de out de 2017 18:01

Piloto da Porsche no WEC é o principal candidato para pilotar para a Toro Rosso no GP dos Estados Unidos

Tom Kristensen and Brendon Hartley
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR12
Brendon Hartley, Timo Bernhard, Earl Bamber, Porsche Team
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR12
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR12

A Toro Rosso precisa preencher o assento ao lado de Daniil Kvyat em Austin, depois que foi acordado que Pierre Gasly retornaria à Super Fórmula para disputar o título no mesmo fim de semana de disputa do GP dos Estados Unidos.

Entende-se que o chefe da equipe, Franz Tost, quer usar Austin como uma oportunidade para avaliar um novo piloto enquanto ele estuda as possibilidades para a temporada 2018.

Gasly é favorito para obter uma das vagas, tendo impressionado em suas aparições na Malásia e no Japão, mas Tost e Red Bull estão menos certos sobre o segundo assento.

Brandon Hartley surgiu como favorito para pilotar em Austin, com Tost acreditado estar aberto à possibilidade de corrida para o neozelandês com a equipe no próximo ano.

O piloto de 27 anos ocupou o papel de piloto reserva oficial da Red Bull em 2009 e 2010 e completou um teste para com a equipe em 2008 e dois para o Toro Rosso em 2009, antes de ser retirado do programa júnior da Red Bull.

Hartley também participou de um teste de jovens pilotos em Magny-Cours com a Mercedes em 2012, além de passar bom tempo no simulador da equipe.

Ele tem pontos de superlicença suficientes para correr na F1, mas atualmente está contratado pela Porsche e competido no WEC, onde pode ganhar o título neste fim de semana em Fuji.

Além disso, também acredita-se que ele está perto de um acordo para competir com a Chip Ganassi na IndyCar no próximo ano, o que significa que há questões contratuais a serem resolvidas antes que a participação em Austin possa ser confirmada.

Com isso em mente, Toro Rosso e Red Bull alinharam Buemi, que correu para o time júnior da Red Bull entre 2009 e 2011, caso um acordo com Hartley não acnteça.

Próxima Fórmula 1 matéria
“Vettel precisa de um milagre para reagir”, avalia Rosberg

Previous article

“Vettel precisa de um milagre para reagir”, avalia Rosberg

Next article

No Dia das Crianças, veja como eram pilotos na infância

No Dia das Crianças, veja como eram pilotos na infância

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Brendon Hartley , Pierre Gasly
Equipes Toro Rosso
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias