Hartley e Gasly devem ficar na Toro Rosso até o fim de 2017

compartilhar
comentários
Hartley e Gasly devem ficar na Toro Rosso até o fim de 2017
Por: Lawrence Barretto
26 de out de 2017 20:59

Desempenho de neozelandês no Brasil e em Abu Dhabi será decisivo para garanti-lo na F1 também em 2018

Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso walks the track
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR12
Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR12
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso

Em Austin, a Toro Rosso escolheu o piloto do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), Brendon Hartley, para substituir Pierre Gasly, que cumpriu o compromisso de competir na Super Fórmula no Japão.

Enquanto isso, Daniil Kvyat voltou ao time no lugar de Carlos Sainz Jr., que foi para a Renault.

A equipe então anunciou que Hartley manteria seu lugar no México, com Gasly retornando no lugar de Kvyat.

O Motorsport.com apurou que a dupla permanecerá inalterada para as duas últimas corridas no Brasil e em Abu Dhabi, enquanto procura finalizar os planos para 2018.

Gasly, que perdeu o título da Super Fórmula após a final ter sido cancelada por causa da ameaça de um supertufão, é esperado para uma temporada completa, depois de impressionar na Malásia e no Japão.

Acredita-se que Kvyat perdeu lugar na corrida para reivindicar o segundo lugar em 2018, com a Toro Rosso e a Red Bull interessadas em usar as próximas três corridas para confirmar Hartley no time em 2018.

Gasly e Hartley permaneceram cautelosos sobre o futuro quando falaram aos repórteres na Cidade do México nesta quinta-feira (26).

"Não há muito sobre o que posso comentar", disse Hartley. "Estou bastante concentrado neste fim de semana, colocando em prática tudo o que aprendi em Austin."

"Haverá um pouco mais de pressão, as pessoas esperarão um pouco mais, mas estou otimista e confiante de que posso fazer o trabalho."

Gasly acrescentou: "Nada muda meu foco no momento, que é o fim de semana."

Próxima Fórmula 1 matéria
Whiting: Reclamações sobre comissários não tem fundamentos

Previous article

Whiting: Reclamações sobre comissários não tem fundamentos

Next article

Ocon diz recebeu "muitas" ameaças de morte após Baku

Ocon diz recebeu "muitas" ameaças de morte após Baku

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Brendon Hartley , Pierre Gasly
Equipes Toro Rosso
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias