Hartley: F1 está dando mau exemplo no uso de zebras

compartilhar
comentários
Hartley: F1 está dando mau exemplo no uso de zebras
14 de ago de 2018 18:42

Neozelandês acredita que limites de pista precisam ser mais respeitados no mundial e sugere mais áreas de grama sintética

Com cada vez mais áreas de escape asfaltadas na Fórmula 1, nos últimos anos os pilotos passaram a abusar mais dos limites da pista atrás de décimos preciosos na busca por melhores tempos.

A FIA adotou uma política de tolerância zero inicialmente, mas ela se tornou pouco popular com os fãs e os pilotos, o que fez com que a entidade relaxasse suas medidas em algumas curvas ao longo do tempo.

O piloto neozelandês Brendon Hartley entende isso, mas acha que não é o mais correto.

“Eu vi muitas fotos minhas e do resto do grid com as quatro rodas sobre a linha branca em Hockenheim, que era uma linha de traçado muito comum para nós ali”, disse ao site RaceFans.net.

“Eu acho que isso provavelmente não define uma boa imagem para o resto do mundo do automobilismo.”

“Obviamente, neste caso, acho que foi aceito que era o limite da pista, a zebra, que era um limite rígido. Mas, pela letra da lei, acho que nós estamos com todas as quatro rodas além da linha branca, então parte de mim diria que eu preferiria que não pudéssemos fazer isso.”

“Na Áustria, há outro argumento, de que os carros estavam sendo muito danificados pelas zebras. Eu acho que a grama sintética também funciona muito bem, porque você perde muita aderência, mas não danifica o carro. Eu sou realmente mais fã da grama sintética.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Mundo da velocidade reage ao anúncio de Alonso

Previous article

Mundo da velocidade reage ao anúncio de Alonso

Next article

Indy confirma apoio a planos da McLaren em 2019

Indy confirma apoio a planos da McLaren em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias