Hartley sofre punição e larga do fim do grid nos EUA

Toro Rosso do neozelandês usará uma unidade de potência completamente nova, o que deverá lhe render uma punição de 30 posições no grid

Estreante na F1 pela Toro Rosso neste fim de semana, Brendon Hartley deverá largar do fundo do grid no GP dos Estados Unidos após sofrer punição por sua unidade de potência.

O chefe da equipe, Franz Tost, confirmou ao Motorsport.com que o neozelandês usará uma nova unidade de potência neste fim de semana.

A decisão foi tomada antes da confirmação de que Hartley pilotaria no lugar de Pierre Gasly.

Tost acrescentou que o outro carro da equipe (atualmente pilotado por Daniil Kvyat) usará novas peças no motor no México, no próximo fim de semana, já que ambos os carros simplesmente já completaram a quilometragem nos motores.

Apesar da dimensão da punição ainda não ter sido confirmada, uma mudança completa renderá a Hartley uma punição de 30 posições, já que será o sexto V6, turbo e MGU-H do carro, mais a quinta bateria e Centralina eletrônica. O uso de uma quarta peça do MGU-K não o fará ser punido.

Fontes indicaram que Max Verstappen, da Red Bull, também deverá sofrer punições por motor neste fim de semana.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Brendon Hartley
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias