Honda enfrenta novos problemas técnicos em teste no Bahrein

Mesmo com nova especificação do motor, McLaren de Oliver Turvey completa apenas duas voltas e precisa ser recolhido à garagem

Os problemas enfrentados pela Honda no Bahrein não deram trégua nesta terça-feira, quando o programa de testes da McLaren foi afetado pela falta de confiabilidade após apenas duas voltas completadas.

Após um fim de semana problemático, quando teve uma série de problemas com seu MGU-H no GP do Bahrein, a Honda esperava por uma sorte melhor no teste realizado em Sakhir.

O piloto de desenvolvimento da McLaren, Oliver Turvey, foi à pista assim que as atividades foram iniciadas, mas conseguiu completar apenas duas voltas de instalação antes de ficar parado na garagem com um problema.

Os engenheiros da Honda descobriram um vazamento de água no ERS, o que não deixou outra opção a não ser trocar o motor.

Os trabalhos estavam sendo realizados durante o horário de almoço, de modo que a equipe espera que Turvey possa retornar à pista mais tarde.

Nova configuração de teste

Sabe-se que o motor usado por Turvey era de uma nova especificação que havia sido trazido da fábrica da Honda em Sakura, no Japão, sendo que a peça substituta também é nova.

A Honda afirmou que gostaria de testar novas ideias a fim de melhorar sua performance, além de potencialmente resolver os problemas que a equipe enfrentou durante o fim de semana.

As investigações da causa do vazamento de água estão em andamento, e ainda não se sabe se o problema que atrapalhou Turvey possui alguma relação com a falha do MGU-H que o time teve durante o GP do Bahrein.

Stoffel Vandoorne enfrentou dois problemas nos treinos de sexta-feira, enquanto que o MGU-H de Fernando Alonso quebrou durante a volta de classificação – o que, consequentemente, danificou também o motor de combustão interna.

Na corrida, Vandoorne sofreu outra falha, quando a pressão de água de sua unidade caiu – o belga, então, não conseguiu sequer largar.

O chefe da Honda, Yusuke Hasegawa, se dirigiu à fábrica da Honda, no Japão, para ajudar a investigar os problemas e trabalhar nos planos de desenvolvimento para o resto da temporada.

A equipe trabalha com a hipótese de que as altas temperaturas no Bahrein contribuíram para os problemas, as a resposta definitiva não será conhecida até o fim da semana, quando as peças quebradas serão desmontadas e analisadas. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias