Honda falha em atualização de motores da McLaren para Spa

Fabricante japonês admite que não conseguiu cumprir seu cronograma de desenvolvimento

A Honda esperava apresentar um motor melhorado para os carros da McLaren utilizarem no GP da Bélgica deste fim de semana, mas não conseguiu cumprir seu cronograma de desenvolvimento, de acordo com Yusuke Hasegawa.

O fabricante japonês dará continuidade ao seu plano de desenvolvimento agressivo, uma vez que precisa provar à McLaren que pode continuar com sua parceria além deste ano.

Na quinta-feira, foi confirmado que Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne utilizariam motores de combustão interna em Spa, com Vandoorne também executando uma melhoria de confiabilidade.

Mas o chefe da Honda, Hasegawa, revelou que a atualização, que batizou como especificações 3.5 e 3.6, era apenas metade do pacote que esperava apresentar.

"Nós tínhamos planejado apresentar 'spec 4' aqui, mas nós falhamos, não combinamos com nossa agenda", disse Hasegawa. "Estamos no meio da nossa atualização, então chamamos 3.5 e 3.6".

A Honda sente que a atualização aumentou o desempenho, mas Hasegawa disse que o ganho foi difícil de quantificar, dado que este é o primeiro circuito em que correu.

"É difícil comparar o motor anterior com este motor porque é um circuito diferente. Do ponto de vista dos dados, vemos uma boa atualização do desempenho aqui".

O diretor executivo da McLaren, Zak Brown, notou um passo em frente no Spa, mas esperava mais da equipe atualmente em nona no campeonato de construtores.

"Eu não acho que ficamos satisfeitos o ano todo, mas não acho que a Hasegawa não tenha ficado satisfeito com a forma como as coisas foram", disse Brown. "Nós vimos algumas melhorias aqui em Spa, não no nível que esperávamos, mas alguma melhoria".

Spa vem na sequencia da melhor corrida da temporada da McLaren, na Hungria, antes das férias de verão, quando Alonso e Vandoorne terminaram em sexto e décimo, respectivamente.

Hasegawa disse que a Honda ganhou conforto com esse resultado, mas sabe que ainda tem muito trabalho para igualar aos rivais.

"Na Hungria, ficamos muito felizes. Estamos muito aliviados de obtermos pontos. Mas não estamos satisfeitos com o desempenho. É o desempenho mínimo que precisamos alcançar. Ainda precisamos atualizar o desempenho do motor para convencer a McLaren".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias