Honda troca comandante em seu projeto da Fórmula 1

Programa da montadora japonesa passará por reformulação após Yasuhisa Arai deixar cargo para Yusuke Hasegawa

Envolvido com o projeto da Honda desde que a montadora anunciou sua então futura parceria com a McLaren em 2015 em maio de 2013, Yasuhisa Arai não comandará mais a equipe de engenharia da fábrica japonesa na F1 após o fim deste mês. O retorno da Honda ficou abaixo das expectativas, uma vez que a unidade de potência enfrentou problemas de desempenho e confiabilidade durante a campanha decepcionante de 2015.

A Honda passou o inverno europeu deste ano reformulando seus conceitos chave para unidade de potência a fim de permitir que a McLaren avance em 2016.

No entanto, apesar de Arai ter se mantido como o responsável pelo programa da F1 durante o inverno, foi decidido que ele abandonará o cargo no final deste mês para se aposentar.

A decisão foi ratificada em reunião do Conselho da Honda no Japão nesta terça-feira.

Remodelação

Como parte das alterações anuais que a Honda faz em sua estrutura corporativa, uma reestruturação ampla de pessoal também foi aprovada.

O projeto da Fórmula 1 será agora liderado por Yusuke Hasegawa, enquanto as outras atividades esportivas acumuladas por Arai serão agora de responsabilidade do chefe de desenvolvimento, Kenji Ohtsu.

Yoshiyuki Matsumoto foi nomeado como supervisor da direção do projeto da F1. Arai vai ficar na F1 por ora, e atuará como conselheiro durante a fase de transição.

Arai enfrentou intensa pressão no ano passado, quando as esperanças de bons resultados para a McLaren ficaram aquém do esperado. Os seus pontos fracos em termos de recuperação de energia foram expostos em pistas de alta velocidade como Spa e Monza.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button , Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias