Honda: Um ano não é suficiente para desenvolver motor

compartilhar
comentários
Honda: Um ano não é suficiente para desenvolver motor
Por: Lawrence Barretto
12 de ago de 2017 11:56

Yusuke Hasegawa diz que fabricante não teve tempo suficiente para preparar novo conceito de unidade de potência

Yusuke Hasegawa, Head of Honda Motorsport
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL3
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Lando Norris, McLaren MCL32
Lando Norris, McLaren MCL32
Lando Norris, McLaren MCL32

A Honda lutou contra a falta de confiabilidade e potência nesta temporada, mas mantém fé no conceito que planeja se manter no próximo ano. Atualmente, os japoneses trabalham em vários programas de pesquisa focados para 2018.

O líder do projeto, Yusuke Hasegawa, que disse em fevereiro que a mudança para renovar a unidade de energia era "de alto risco", admite que a Honda subestimou o desafio de mudar o conceito.

"Do ponto de vista do conceito, sim, subestimamos", disse ele ao Motosport.com. "Embora tenha demorado um pouco para se estabilizar, entendemos que foi um estágio que tivemos que superar e foi muito difícil."

"Pensávamos que tínhamos tempo de preparação suficiente, e é por isso que iniciamos o desenvolvimento do motor deste ano em maio, mas um ano não é o suficiente."

"Teoricamente, já conseguimos alguns bons passos. Estamos no meio do nosso objetivo, mas precisamos de mais passos para chegar aos melhores."

Atualizações

A Honda encontrou melhorias de desempenho para seu motor de Fórmula 1, mas ainda não conseguiu decidir quais elementos são confiáveis o suficiente para se apresentar na pista.

Tendo feito progressos na potência e confiabilidade ao introduzir o "Spec 3" durante o fim de semana do GP do Azerbaijão, a Honda esperava que pudesse reunir condições de trazer 'Spec 4' para uma das primeiras corridas após as férias de verão, mas isso não vai acontecer até ganharem confiança.

"Conhecemos o alvo que outras equipes já alcançaram", disse Hasegawa.

"Sabemos que a maioria das equipes está usando o mesmo conceito do nosso motor, mas, obviamente, não conhecemos a solução exata, o design exato, o mesmo nível de desempenho que podemos alcançar."

"Mas conhecemos a direção e conhecemos alguns elementos para alcançar esse desempenho, mas ainda não concluímos quais os deles temos para apresentar."

"Estamos focando principalmente a combustão, mas também todas as áreas, como o consumo de combustível, e estamos tentando encontrar mais potência."

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel: É um bom sinal quando rivais nos copiam

Previous article

Vettel: É um bom sinal quando rivais nos copiam

Next article

Grosjean homenageia Nicky Hayden com capacete especial

Grosjean homenageia Nicky Hayden com capacete especial

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias