Horner confia em recuperação da Renault para temporada 2015

Chefe da Red Bull crê em um ano melhor para os motores Renault, ofuscado pelos Mercedes neste ano

Motores Renault não funcionaram da forma esperada pela Red Bull em 2014
Parceria de sucesso no tetracampeonato de Sebastian Vettel, Red Bull e Renault enfrentaram problemas nesta temporada. A soberania dos motores Mercedes, refletidos pela polarização da disputa pelo título entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg, da equipe homônima, incomodou os lados de Milton Keynes, e obrigará equipe e montadora a trabalharem muito neste período de ‘férias’.
 
[publicidade]Apesar do ano abaixo do esperado em relação ao desempenho dos motores Renault, Christian Horner, chefe da Red Bull, mantém a confiança para a próxima temporada. Em declarações ao ‘Crash.net’, o ‘patrão’ da equipe salientou o trabalho na fábrica francesa.
 
“Temos um objetivo claro e vamos trabalhar para isso: a Renault estará melhor preparada para 2015”, discursou Horner, que admitiu a surpresa pelo desempenho absoluto da Mercedes em 2014.
 
“Pelo menos agora sabemos com o que contamos. Ano passado haviam rumores de que a Mercedes possuía muitos cavalos no motor, mas a verdade é que não imaginaríamos a magnitude dessa diferença. Neste inverno, sabendo disso, trabalharemos melhor”, completou.
 
Na última temporada, a Mercedes dominou a temporada, e essa soberania se refletiu na classificação final. Enquanto Lewis Hamilton e Nico Rosberg, campeão e vice, respectivamente, sobraram no lado individual, a equipe alemã também mostrou um trabalho acima da média.
 
A Mercedes encerrou a temporada com 701 pontos, 296 acima da Red Bull, a vice no Mundial de Construtores. Somente em três corridas um representante do time alemão não subiu no lugar mais alto do pódio, justamente nos GPs os quais Daniel Ricciardo se sagrou vitorioso.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias