Horner defende administração do Liberty na F1

compartilhar
comentários
Horner defende administração do Liberty na F1
22 de jan de 2018 09:52

Chefe da Red Bull diz que sua equipe tem “valores razoavelmente divididos” com a administração da categoria e afirma: “F1 deve ser entretenimento, não tecnologia”

Red Bull Racing, Pit Crew of the Year 2017
Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, talks with Chase Carey, Chairman, Formula One
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Sparks pour from the rear of Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Chase Carey, Chairman, Formula One, talks with Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

O chefe da Red Bull, Christian Horner, considera que a administração da F1 pelo grupo Liberty Media tem sido positiva, embora compreenda que algumas equipes mostrem rejeição devido à mudança no comando.

Em 2017, a F1 teve sua primeira temporada completa sob o gerenciamento do grupo americano, que adquiriu os direitos comerciais da categoria no fim de 2016.

Algumas mudanças substanciais já foram notadas, mas é agora que a categoria discute ajustes mais profundos a serem feitos nos próximos anos. Isso já provocou reações negativas de Ferrari, Mercedes e Renault, que se mostraram contrários, por exemplo, ao regulamento de motor proposto para a temporada de 2021 – arquitetado em conjunto pelo Liberty e pela FIA.

“As pessoas não gostam de mudanças. Bernie [Ecclestone] gerenciou o show por tantos anos, de forma tremendamente bem sucedida, mas é uma administração diferente, um estilo diferente, com objetivos diferentes”, disse Horner, em entrevista à revista americana Racer.

“Cada equipe tem de decidir se esses objetivos se encaixam com suas visões enquanto equipe de corridas. É inevitável [a discordância] assim que começamos a falar de dinheiro. Há um pouco de agitação no momento, mas acho que tudo o que o Liberty tem feito até agora tem sido positivo. E espero que continue assim.”

Horner também detalhou exatamente o que ele e sua equipe esperam da F1 para os próximos anos. “O interesse da Red Bull é estabelecer um ótimo show, atraindo o fã e consumidor, permitir que as personalidades dos pilotos venham à tona. A F1 deve ser um esporte e entretenimento em vez de um desafio tecnológico e de engenharia”, acrescentou.

“Claro, tecnologia tem seu espaço, mas sempre por algum motivo, e acho que esses valores são divididos de maneira razoavelmente próxima pelo Liberty”, completou. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Renault quer usar acordo de motores para trazer jovens à F1

Previous article

Renault quer usar acordo de motores para trazer jovens à F1

Next article

F1 se concentra em três fatores técnicos para definir futuro

F1 se concentra em três fatores técnicos para definir futuro
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias