Horner exalta despedida de Webber: "Poucos conseguem isso"

O australiano conseguiu subir ao pódio em sua última corrida na F1, chegando em segundo no GP do Brasil

Christian Horner teve provavelmente mais um domingo perfeito. Viu seu piloto número 1 estabelecer recordes históricos na F1 e também pode se despedir de Mark Webber no segundo lugar mais alto do pódio. Após a corrida, o dirigente elogiou Webber ao site oficial da F1 e disse que o australiano só teve o “azar” de ter Vettel como companheiro.

“Os sete anos em que Mark trabalhou com a gente foram incríveis para ele e para a equipe. Eu já havia tentado contratá-lo alguns anos mais cedo para uma equipe minha da Fórmula 3000, nunca tive dúvida de seu ritmo. E desde então, ele cresceu ainda mais com a Red Bull Racing”, comentou.

Segundo o dirigente, Webber foi fundamental nos 4 campeonatos de construtores conquistados nos últimos anos. “Ele teve uma parcela essencial nos quatro campeonatos de construtores. Toda a equipe sempre considerou sem feedback muito útil, além de ter grande velocidade. O azar para ele é que seu companheiro de equipe se chamou  Sebastian Vettel. Mas a maneira como ele se despediu foi notável. Poucos se despedem no topo como ele.”, acrescentou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias