Horner: Verstappen interrompeu ataque para preservar motor

compartilhar
comentários
Horner: Verstappen interrompeu ataque para preservar motor
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Daniel Betting
30 de set de 2018 15:42

Chefe da Red Bull disse que Max Verstappen teve que desistir de luta pelo pódio no final do GP da Rússia para preservar motor

Max Verstappen fez um corrida de recuperação brilhante no GP da Rússsia, depois de largar da parte de trás do grid para liderar grande parte da corrida em Sochi, onde fez uma estratégia diferente, começando com pneus macios.

Tendo adiado o sua parada nos boxes para fazê-la a 12 voltas do final, uma série de voltas rápidas teria sido suficiente para o colocar o holandês na cola das Ferraris que terminaram à sua frente.

Mas seu chefe na Red Bull, Christian Horner, revelou após a corrida que tomou a decisão de manter Verstappen em quinto lugar para não exigir muito de sua unidade de potência.

"Foi uma verdadeira pena ter que fazer a parada, mas, é claro, era obrigatório", disse Horner à Sky.

Leia também:

"Os outros compostos eram muito fracos, então paramos o mais tarde possível, mas pudemos ver que eles já estavam começando a degradar um pouco. Naquele momento, estava muito longe de Kimi para atacá-lo, de modo que nós escolhemos penalizá-lo aqui, tivemos que preservar o motor para as próximas corridas".

Horner disse que a "incrível" recuperação de Verstappen nos estágios da corrida mostrou que que a Red Bull tinha um carro na Rússia, que poderia ter lutado com Mercedes e Ferrari se não tivessem largado tão de trás.

"Acho que tivemos um carro realmente competitivo neste fim de semana", disse. "Acho que estaríamos na batalha e, claro, no início da corrida, todos começam a marcar o ritmo."

"Hoje tivemos um carro que era muito bom com os pneus. Não havia sinais de bolhas nos macios e teria sido bom começar em posições normais do grid. Mas resgatamos um bom resultado disso, e temos dois motores na manga para as últimas cinco corridas".

"Fomos mais competitivos do que achávamos que seríamos. Acho que poderíamos ter batido a Ferrari no sábado".

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel defende Mercedes por ordem de equipe na Rússia

Previous article

Vettel defende Mercedes por ordem de equipe na Rússia

Next article

Hamilton: "Não pedi, nem queria ordens de equipe”

Hamilton: "Não pedi, nem queria ordens de equipe”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Localização Sochi Autodrom
Pilotos Max Verstappen Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias