Horner: Webber só será escudeiro quando não tiver mais chances

Chefe da Red Bull afirma que equipe não priorizará Vettel até que australiano esteja matematicamente fora da briga

O chefe da Red Bull, Christian Horner, acredita que ainda não chegou o momento da equipe ordenar que Mark Webber trabalhe para ajudar Sebastian Vettel a conquistar o título. O dirigente quer esperar até que o australiano não tenha mais chances matemáticas para usá-lo como escudeiro.

Atualmente, Vettel está na liderança do Mundial de Pilotos, seis pontos à frente do rival mais próximo, Fernando Alonso, e a 63 do companheiro Webber. Com quatro provas para o final, são 100 pontos em jogo.

Quando perguntado se chegara o momento de usar ordens de equipe para priorizar Vettel, Horner afirmou que “ainda não”. “Sebastian chegou à liderança e Mark ainda tem chance de vencer o campeonato. Acho que seria errado impor ordens de equipe, enquanto Mark ainda tiver matematicamente a chance de vencer”.

Havia a expectativa de que a Red Bull interferisse no resultado do GP da Coreia, pois Webber largou na pole, ao lado de Vettel. Mas o alemão ultrapassou o australiano logo na primeira volta e venceu com tranquilidade. “Eles demonstraram na Coreia que disputam de maneira justa um com o outro, e isso é tudo que pedimos à eles”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias