Hülkenberg vê Massa como adversário no mercado de pilotos

Quinto em Monza, piloto diz que considerava correr pela Ferrari em 2014 e afirma ansiedade por sete últimas provas

Vindo de um bom resultado na Itália, sendo terceiro no grid e quinto na corrida, Nico Hülkenberg, um dos pilotos mais bem cotados pelo mercado de pilotos, diz que a situação pela qual passa no momento, não é estanha. Em 2012, o alemão afirmou ter sido foco dos holofotes da chamada "temporada de boatos", mas ratificou que nada disso o atrapalha dentro da pista.

“Não é uma situação completamente diferente para mim, já passei por isso no ano passado. Mas é o que é. Quando vou até a garagem e coloco meu capacete, toda essa discussão vai embora e todo meu foco vai para o que tenho de fazer”, falou ao TotalRace em Marina Bay.

“No momento estamos totalmente focados neste ano. Estou muito ansioso por estas últimas sete provas para ser honesto. Monza foi muito positivo, nos deu o empurrão que precisávamos. Ao mesmo tempo, é bom recompensar o pessoal por seu trabalho e colocar a equipe novamente em seu lugar. Tivemos um fim de semana fantástico lá e isso me faz ficar faminto por outros bons resultados.”

O alemão se disse chateado pela escolha da Ferrari ter sido o finlandês Kimi Räikkönen para o lugar de Felipe Massa, mas diz que prefere se concentrar em si.

“Não vou negar que há um desapontamento aí, mas respeito a decisão. Mas agora não é hora de pensar muito nisso. Estamos focados e concentrados no meu futuro e em encontrar outra boa solução.”

Hülk também não teme, se for escolhido pela Lotus, ficar sem receber salário, problema que é enfrentado por Räikkönen. “Não posso falar por Kimi. Não sei como é seu contrato, provavelmente seu salário seja meio alto também”, falou de forma bem-humorada. “Mas não sei de todos os detalhes. Eu não estou dentro da equipe, só estou julgando de fora.”

Questionado pelo TotalRace sobre a concorrência de Felipe Massa no mercado de pilotos, Nico considerou a força do brasileiro. “Há muitos pilotos também no mercado. Há mais pilotos do que lugares disponíveis, mas Felipe também é um piloto muito experiente que as equipes também devem estar procurando.

O piloto também não descarta ficar na Sauber. “Não estou dizendo que isso não vai acontecer. O importante é ter um carro competitivo, o que realmente não temos para conseguir o que queremos. No ano que vem as regras mudam, ninguém sabe o que vai acontecer com os motores e o regulamento, então é difícil de saber.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias