Hulkenberg cobra soluções do time após problemas em Monza

Alemão da Force India lutou com estabilidade do carro durante GP da Itália e acredita em erro no acerto após treinos

O sétimo lugar no GP da Itália não satisfez Nico Hulkenberg. O piloto alemão reclamou muito do equilíbrio de sua Force India e cobrou justificativas do time com sede em Silverstone.

"Honestamente, estou muito frustrado. Não tive ritmo durante toda a prova e estou convencido de que havia algo errado com o carro", disse Hulkenberg.

"De sexta-feira a sábado nós mudamos algo no carro e ele nunca mais foi o mesmo desde então.”

"Na corrida não tive chance de andar com o Perez. Era o carro. Ele estava escorregando e desgastando os pneus traseiros.”

"Na sexta-feira parecia muito promissor, mas no sábado tivemos um problema no Q3. Na corrida estava lutando com uma arma que não era realmente uma arma."

Ele admitiu que, no desespero, chegou a considerar a mudança para uma estratégia de duas paradas, com a degradação de pneus.

"Havia uma conversa de uma segunda parada, porque não estava feliz e não achava que conseguiria me defender de Ericsson até o fim. O segundo stint estava muito ruim", disse Hulkenberg.

Hulkenberg negou que as pressões de pneus estipuladas pela Pirelli tenham causado seu mau desempenho.

"Não. Acho que estava relacionado ao nosso carro e o que temos fizemos durante a noite de sexta-feira. Puramente isso", disse ele.

"Precisamos investigar e chegar ao fundo da questão, porque o desempenho foi bastante ruim."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nico Hulkenberg
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias