Hulkenberg critica Renault após problemas: “É inaceitável”

Depois de sofrer mais uma falha no GP do México, alemão diz que melhora na confiabilidade do motor é “tarefa número um” para 2018

Nico Hulkenberg cobrou evolução da Renault após sofrer mais uma falha de motor na última etapa disputada pela F1, no México.

O alemão abandonou na 24ª volta da disputa com um problema no ERS, sendo que, uma semana antes, enfrentou diversas dificuldades técnicas com o propulsor francês em Austin.

Assim, Hulkenberg expressou mais uma vez sua insatisfação. “Coisas assim não podem acontecer. É inaceitável. Não somos bons o bastante”, disse, em entrevista ao jornal alemão Bild.

Em outra entrevista, desta vez à revista Auto Motor und Sport, o piloto explicou um pouco mais sua sensação. “Todos estão bravos, frustrados, decepcionados. Precisamos, de alguma forma, ter isso sob controle para o ano que vem. O dano já foi feito neste ano, mas confiabilidade é nossa tarefa número um para 2018. Caso contrário, nem mesmo o carro mais rápido nos ajudaria”, completou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias