Hulkenberg lidera treino encurtado por pista suja de diesel

Com piso sujo, sessão teve meia hora a menos do que a programada. Brasileiros fizeram tempos discretos

A primeira sessão de treinos livres visando o GP da Rússia começou de maneira inesperada por pilotos, equipes e fãs. Uma grande quantidade de diesel na pista atrapalhou o cronograma e devido ao tempo para limpeza, os carros tiveram meia hora a menos de testes. Quem acabou se aproveitando foi o alemão Nico Hulkenberg, que foi o mais rápido, com o tempo de 1m44s355, conseguido na parte final da sessão.

O "outro Nico", Rosberg, foi o segundo melhor, seguido de Sebastian Vettel e o segundo carro da Force India, de Sergio Perez. O líder do campeonato, Lewis Hamilton, foi apenas o sétimo colocado. A Ferrari de Kimi Raikkonen fez apenas a 10° marca.

Os brasileiros tiveram rendimento discreto. Felipe Massa, que chegou a rodar no fim, foi o 12° e Felipe Nasr, o 13°.

O Treino

A primeira sessão de treinos livres teve os primeiros 30 minutos comprometidos para limpeza da pista. Em seu trecho final havia grande quantidade de óleo diesel. Funcionários do circuito a lavaram antes de liberarem aos carros. Com isso, a sessão foi encurtada para apenas uma hora.

Com meia hora a menos, os pilotos deram a tradicional volta de instalação com pneus intermediários, devido ao piso parcialmente molhado. Felipe Massa e Valtteri Bottas arriscaram pneus para pista molhada. Alguns pilotos, como Nico Rosberg, aproveitaram para treinar largadas.

Faltando aproximadamente 40 minutos para o fim, o primeiro a se arriscar na busca de tempo foi Fernando Alonso, que iniciou os trabalhos com 2m00s736. O espanhol diminuiu a marca em mais de seis segundos nas volta seguintes.

Faltando meia hora, Marcus Ericsson também começou a dar voltas rápidas, mas sem superar Alonso. Logo depois, Jenson Button foi o terceiro a tentar volta rápida se aproveitando do piso mais seco, o inglês acabou marcando 1m50s920, a melhor marca até então.

Com 15 minutos pra o fim, mais pilotos começaram a se arriscar. Felipe Massa fez 1m52s205, o sexto melhor tempo até aquele momento. Alonso voltou a ser o mais rápido, com 1m49s240 quando faltavam 12 minutos para o fim.

Os últimos dez minutos foram caracterizados pelo "rodízio" de melhores tempos, com Bottas, Alonso, Vettel e Hulkenberg na liderança da sessão. Este último fez 1m44s355, sendo o mais rápido. Massa, que chegou a rodar no fim, foi o 12° e Felipe Nasr, o 13°.

A próxima sessão acontece às 8h, horário de Brasília.

Confira todos os tempos:

PosPilotoEquipeTempoDif.Voltas
1 Nico Hulkenberg  Force India 1:44.355   11
2 Nico Rosberg  Mercedes 1:44.407 +0.052 15
3 Sebastian Vettel  Ferrari 1:44.986 +0.631 15
4 Sergio Perez  Force India 1:45.146 +0.791 11
5 Daniel Ricciardo  Red Bull Racing 1:45.233 +0.878 10
6 Carlos Sainz Jr.  Toro Rosso 1:45.488 +1.133 13
7 Lewis Hamilton  Mercedes 1:45.691 +1.336 10
8 Valtteri Bottas  Williams 1:45.746 +1.391 13
9 Max Verstappen  Toro Rosso 1:46.203 +1.848 13
10 Kimi Raikkonen  Ferrari 1:46.215 +1.860 16
11 Jenson Button  McLaren 1:46.231 +1.876 12
12 Felipe Massa  Williams 1:46.333 +1.978 12
13 Felipe Nasr  Sauber 1:46.747 +2.392 13
14 Fernando Alonso  McLaren 1:47.443 +3.088 16
15 Pastor Maldonado  Team Lotus 1:48.006 +3.651 9
16 Daniil Kvyat  Red Bull Racing 1:48.096 +3.741 9
17 Jolyon Palmer  Team Lotus 1:49.094 +4.739 9
18 Roberto Merhi  Manor 1:52.994 +8.639 12
19 Marcus Ericsson  Sauber 1:54.272 +9.917 12
20 Will Stevens  Manor 1:58.254 +13.899 6
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Sub-evento Sexta-feira treino 1
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Relato do treino livre