Hulkenberg preocupado com classificação: "Às vezes é uma loteria"

Para alemão, a comunicação entre engenheiro e piloto é fundamental para fugir do tráfego nas ruas do Principado

Hulkenberg aposta em uma boa classificação

A temporada pode ter tido cinco vencedores de equipes diferentes até aqui, mas se há um padrão é o fato de quatro deles terem largado da primeira fila. E, se há um circuito em que a classificação é importante devido à dificuldade em ultrapassar, como reconheceu ao TotalRace o alemão Nico Hulkenberg, é no GP de Mônaco.

“É importante ter posição de pista e estar o mais adiante na corrida quanto puder, mais do que em outros circuitos, já que não dá para ultrapassar. Mas, em termos de acerto, é tudo na mesma direção. Você quer aderência para poder atacar e ter confiança no carro.”

Mas se dar bem na tomada de tempos em Monte Carlo não é apenas uma questão de acertar o carro. São 18 curvas em que não se pode errar, além dos problemas comuns com o tráfego. Nesse quesito, a equipe pode ajudar bastante.

“Não é fácil acertar a volta. É preciso ter uma boa comunicação com entre pitwall, o engenheiro de pista e você mesmo para ter espaço para fazer a volta. Às vezes, vira uma loteria, mas deve correr tudo bem.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias