Imprensa italiana se divide por aposta errada da Ferrari no Canadá

Boa parte dos veículos locais criticaram opção de time por manter Alonso e Massa na pista, mas principal jornal elogiou

Alonso: uma parada só no Canadá

 

Boa parte da imprensa italiana aniquilou a Ferrari pelo erro de estratégia que prejudicou seus dois pilotos na parte final do GP do Canadá de F-1. Mas a escuderia de Maranello teve um apoio importante da principal publicação do país.
 
Por manter Fernando Alonso e Felipe Massa na pista com pneus desgastados, a escuderia italiana perdeu pontos importantes com o brasileiro e a vitória com o espanhol, que terminou em quarto, enquanto Massa foi décimo.
 
O "La Stampa" considerou a insistência do time italiano em uma única parada de Fernando Alonso em sua manchete, descrevendo o ato como um "Harakiri da Ferrari". Já o "La Repubblica" comentou que a estratégia da equipe foi "maluca, muito maluca". 
 
Enquanto isso, o "Gazzetta dello Sport" foi o único a apoiar a Ferrari. "Pela primeira vez nesta temporada, a Ferrari se deu mal em uma aposta pela vitória. Mas essas coisas acontecem. Foi um risco válido", comentou a reportagem.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias