Incerteza quanto ao clima deixa Alonso "no escuro" em Suzuka

Espanhol ressalta dificuldade para fazer escolhas devido à possibilidade de chuva. Kimi lamenta interrupções

Fernando Alonso também não sabe o que esperar para o GP do Japão. O espanhol disse, após os treinos de sexta, que a possibilidade de chuva no fim de semana dificulta qualquer tomada de decisão em relação ao acerto do carro.

“No momento, a incerteza em relação ao tempo torna impossível tomar qualquer decisão, mesmo quando se trata de escolha de pneus. Aqui, em comparação com outras pistas, a diferença entre os dois compostos é mínima e o nível de desempenho é muito semelhante”, comentou o piloto, que ficou em sétimo no segundo treino, mas foi o terceiro pela manhã.

[publicidade] “Apesar das muitas interrupções na segunda sessão, hoje conseguimos completar quase todo o nosso programa, trabalhando em afinação de corrida para ambas as condições: no seco e no molhado. E é sempre bom correr em Suzuka, já que é um dos circuitos que proporciona o máximo de prazer na condução e onde o entusiasmo dos fãs é realmente fantástico”, finalizou.

Seu companheiro Kimi Raikkonen se saiu melhor na segunda sessão, com o sexto tempo, mas ficou atrás na soma dos treinos. O finlandês lamentou as interrupções no treino da tarde. "Hoje não foi fácil e a falta de aderência da pista, em especial na parte da manhã, também não ajudou. Na primeira sessão de treinos, com os pneus duros, nós nos concentramos em testar diferentes acertos que visavam tanto a classificação, quanto a corrida. Na parte da tarde, fizemos algumas mudanças que trouxeram uma melhora parcial para o comportamento do carro, mas, por causa das bandeiras amarelas e de uma falha técnica, só conseguimos completar apenas um bom ‘stint’ com os pneus médios”, explicou o campeão de 2007.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias