Invasor do GP de Cingapura é sentenciado a seis semanas de prisão

Causador de uma entrada do Safety Car na corrida em Marina Bay foi condenado a seis semanas na cadeia após julgamento

Yogvitam Pravin Dhokia de 27 anos de idade foi condenado a passar seis semanas na cadeia após julgamento em Cingapura. O inglês estava enfrentando acusações criminais depois de passar pelos alambrados e andar no circuito de Marina Bay durante o GP de Cingapura da F1, no dia 20 de setembro deste ano.

Ele se declarou culpado, e já havia passado tempo na cadeia após o episódio.

Na terça-feira, um tribunal distrital de Cingapura o condenou a seis semanas de prisão. O juiz classificou o ato como "egoísta e imprudente".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias