Itália perde transmissão da F1 em televisão aberta

RAI não chega a acordo com a categoria e provas ficarão com exclusividade na Sky Itália

A F1 deverá desaparecer da televisão aberta na Itália em 2018, sendo que apenas a corrida do país será transmitida ao vivo pela emissora RAI.

A emissora aberta RAI tem sido responsável pela transmissão das corridas na Itália por décadas, apesar de as atividade serem divididas com a Sky Itália nos últimos anos.

Até a temporada passada, a Itália tinha todas as suas corridas transmitidas ao vivo pela emissora paga Sky Itália, sendo que a RAI transmitia nove provas e os melhores momentos das restantes.

As negociações recentes para 2018 viram a RAI sendo incapaz de satisfazer os pedidos financeiros do Liberty Media, sendo que não houve um acordo. Assim, a Sky será a única forma de assistir às provas nesta temporada.

A situação da Itália é a oposta da vista na França, onde as corridas da F1 estão de volta à televisão aberta pela TF1, com transmissões dos GPs da França e de Mônaco, além de duas outras, mais os melhores momentos.

Tal cenário pode ser repetido na Itália, mas não em uma televisão aberta.

Entende-se que a Sky esteja trabalhando para ter quatro corridas ao vivo e os melhores momentos das restantes em sua subsidiária, a TV8, que já transmite provas da MotoGP e da Liga Europa da UEFA.

A Liberty continua fechando acordos de televisão de região em região. Recentemente, ela confirmou a continuação em TV aberta na Alemanha, com a RTL, mais outros acordos com Movistar na Espanha e Fox na América Latina (excetuando o Brasil).

Um fator fundamental nas negociações tem sido o plano do grupo Liberty em introduzir sua própria plataforma de streaming, sendo que muitos contratos existentes dão os direitos online às atuais emissoras que transmitem a categoria.

Reportagem adicional de Franco Nugnes

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias